Seis pessoas presas por envolvimento em triplo homicídio em Tapurah

Seis indivíduos foram detidos sob acusação de envolvimento na morte brutal de Roque Xavier, 38 anos, sua filha, Thais Vitoria Pontes Xavier, de 15 anos, e sua sobrinha Bruna Eduarda Xavier, de 14 anos, ocorrida no ano passado em Tapurah, região central de Mato Grosso. Um dos suspeitos, que está cumprindo pena na Penitenciária Industrial Ahmenon Lemos Dantas, em Várzea Grande, teria ordenado os assassinatos de dentro da prisão. Os crimes foram perpetrados a mando de uma facção criminosa, embora a motivação específica ainda não tenha sido divulgada pelas autoridades.

De acordo com informações fornecidas pela Polícia Civil, as prisões foram efetuadas durante a Operação Vindicta, que também resultou na realização de seis mandados de busca em diferentes localidades, incluindo Itanhangá, Várzea Grande e Tapurah. Os mandados, expedidos pela Vara única da Comarca de Tapurah, foram cumpridos com sucesso pelas equipes policiais.

Triplo homicídio chocante

O assassinato de Roque Xavier, sua filha Thais Vitoria Pontes Xavier e a subsequente descoberta do corpo de sua sobrinha Bruna Eduarda Xavier abalaram a comunidade de Tapurah. Os eventos ocorreram em 18 de julho do ano passado, na residência da família, localizada no bairro São Cristóvão. Na calada da noite, dois indivíduos armados invadiram a casa e procuraram por Roque, que foi arrastado até a sala onde Thais dormia. Os criminosos atiraram contra a adolescente antes de utilizar uma faca para infligir ferimentos fatais nas vítimas.

O corpo de Bruna Eduarda Xavier foi encontrado quatro dias após o duplo homicídio, em uma área de mata na região. As autoridades afirmam que todos os assassinatos foram encomendados por uma facção criminosa.

Apreensões durante as buscas

Durante as diligências realizadas nas residências dos suspeitos, as equipes policiais apreenderam um total de 238 porções de cocaína e uma quantidade de maconha em duas das residências alvo. Essas apreensões representam um avanço significativo nas investigações relacionadas ao tráfico de drogas na região.

Participaram da operação cerca de 22 policiais civis, incluindo equipes da Delegacia de Tapurah, com apoio da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos, Delegacia Municipal e Regional de Nova Mutum, demonstrando a cooperação entre diferentes órgãos de segurança para combater a criminalidade na área.

A comunidade aguarda agora o desenrolar das investigações para entender melhor os motivos por trás desses terríveis crimes e para garantir que os responsáveis sejam devidamente responsabilizados perante a justiça.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *