Política

Botelho nega acordo para Candidatura à Prefeitura de Cuiabá

O deputado estadual Eduardo Botelho, do partido União Brasil, negou ter firmado compromisso político com o governador Mauro Mendes, que o definiu como pré-candidato à prefeitura de Cuiabá. Botelho esclareceu que Mauro não exigiu indicar o candidato a vice ou algum secretário.

O presidente da Assembleia Legislativa afirmou que soube da escolha de Mauro pouco antes da divulgação oficial. Em uma conversa anterior, Mauro questionou Botelho sobre a possibilidade de indicar vice ou secretário, mas Botelho afirmou que o governador não queria interferir nessas escolhas.

Botelho admitiu que ofereceu a Mauro a indicação de algum nome para um eventual secretariado, mas o governador recusou, afirmando que os secretários deveriam ser escolhidos por Botelho para garantir uma administração técnica.

O deputado chegou a competir com Fábio Garcia, secretário-chefe da Casa Civil e afilhado político de Mauro Mendes, pela indicação do partido. Durante as discussões, Botelho considerou deixar o partido caso a escolha do governador não seguisse critérios claros. Atualmente, Botelho lidera as pesquisas de opinião, enquanto Garcia ocupa a quarta posição.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *