“Já mostramos para que viemos”, diz presidente do PT Rondonópolis

O diretório municipal do Partido dos Trabalhadores de Rondonópolis, juntamente com os demais partidos da Federação Brasil da Esperança, PCdoB e PV, realizou na noite desta sexta-feira (26), em sua sede na “Casa da Resistência”, a primeira plenária do ano, e que teve como pauta principal as eleições municipais.

O pré-candidato a prefeito do PT, Carlos Augustin, o Teti, em sua fala aos presentes reforçou a importância das lideranças comunitárias e dos movimentos sociais para a construção de um projeto vencedor. “Nós temos que ter candidatos, os partidos que fazem parte da Federação não podem ficar fora desta disputa, se vamos ganhar ou perder não sabemos, mas vamos disputar e estar presentes. E para isso, temos que começar aqui na base, e se em algum momento o PT teve seu protagonismo diminuído, agora estamos de volta, com força e vai continuar no trilho da vitórias, com o Presidente Lula. O candidato do grupo, seja eu ou outro, vai ser o candidato do Presidente Lula e vai vencer a eleição aqui em Rondonópolis”, pontuou.

Como principal pauta da plenária, o presidente do Diretório Municipal do PT, Wendell Girotto explanou sobre os encaminhamentos para se fechar a lista de pré-candidatos a vereadores e vereadoras da Federação Brasil da Esperança, e os próximos passos no projeto da campanha do grupo. “Hoje discutimos algumas estratégias de como vamos tocar estas pré-campanhas neste momento, abordamos sobre estrutura, estratégias política e da ligação próxima com o Governo Federal, com a vinda do Presidente Lula para cá na nossa campanha e o Teti se comprometeu em trazer o Lula devido ao seu acesso com o presidente”, disse. 

A reunião política ampliada com as principais forças progressistas de Rondonópolis e de Mato Grosso ocorrida no dia 21 de janeiro, na Fazenda Farroupilha, também foi assunto na plenária, onde Wendell Girotto afastou qualquer movimento em privilegiar uma das pré-candidaturas dos nomes já apresentados no grupo. “Tanto Paulo José, o Aylon e o Teti podem ser o candidato, ou uma nova liderança de esquerda, e é assim que mantemos o paço do nosso lado no espectro progressista, mas tem que pôr as cartas na mesa com clareza sem artimanhas, acertar os espaços de cada grupo e cada grupo dar um dar o seu melhor. Nós já mostramos para que viemos e estamos abertos ao diálogo”, explicou.

A manifestação forte de Girotto, ocorre em resposta a um possível descontentamento do prefeito José Carlos do Pátio após o término da reunião, e com um suposto direcionamento dos discursos das lideranças para o consenso em torno do nome de Teti, como pré-candidato do grupo progressista. “Seguimos fortes em nosso planejamento, a máxima nossa é unir para vencer, e não convencer “A” ou “B” desistir ou apoio a todo custo. Se tiver que sair só os partidos federados e a base do governo e a gente eleger quatro ou cinco vereadoras nós podemos, mas não é o interesse. O foco é acertar na sucessão da prefeitura e na renovação da Câmara, vencer agora com a maioria para vencer em 2026 com Lula”, finalizou.

Cairo Lustoza

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *