Política

Botelho diz ter mais de uma “carta na manga” sobre eleições 2024

Em uma conversa com jornalistas nesta segunda-feira (22), o presidente da Assembleia Legislativa, Eduardo Botelho (UB), revelou que ainda não se reuniu com o governador Mauro Mendes (UB) para discutir a candidatura à prefeitura de Cuiabá. Botelho afirmou que Mendes pediu mais uma semana para tomar uma decisão e que aguarda ansiosamente por essa definição.

O presidente da Assembleia ressaltou que quer apenas que Mendes faça a escolha e lhe conceda a carta de liberação. Ele destacou que não pediu para mudar ninguém, apenas quer uma definição rápida. Botelho acredita que a decisão sempre esteve nas mãos de Mauro Mendes, que agora pretende discutir a questão com o partido antes de tomar a decisão final.

Botelho está confiante de que tudo está acontecendo no tempo certo e que sua candidatura não será inviabilizada pela demora. Ao ser questionado sobre a possibilidade de ter mais de uma carta na manga, o presidente da Assembleia preferiu não divulgar detalhes, mantendo seus planos em segredo.

A disputa pela candidatura à prefeitura de Cuiabá no União Brasil está entre Eduardo Botelho e Fábio Garcia, ambos com o apoio de diferentes grupos dentro do partido. O prazo para essa definição é até 31 de janeiro. Botelho aguarda a carta de anuência para deixar o União Brasil e buscar outro partido para dar continuidade ao seu projeto eleitoral.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *