Polícia cumpre prisão de foragido que deu nome falso em hospital

A equipe da Gerência Estadual de Polinter e Capturas da Polícia Civil (Gepol) cumpriu nesta quarta-feira (17.01) o mandado de prisão de um foragido da Justiça que estava utilizando nome falso para internação em um hospital de Cuiabá.

Ueliton Musgrave Teixeira., de 39 anos, foi condenado pela Comarca de Porto Velho pelos crimes de tráfico de drogas, furto e receptação, e estava com mandado de prisão de recaptura expedido pelo Poder Judiciário de Rondônia.

A equipe da Polinter recebeu a informação de que o foragido estava internado no Hospital Universitário Júlio Müller utilizando nome falso.

Em diligências no local, os investigadores apuraram que a pessoa internada usava o nome de Eder Rodrigues e deu entrada na UTI do hospital em dezembro passado. Quando foi internado, ele alegou que seus documentos teriam sido extraviados e foi solicitada à Perícia Oficial e Identificação Técnica de Mato Grosso (Politec-MT) a coleta das impressões digitais no hospital a fim de confeccionar um novo registro geral.

As impressões digitais foram analisadas pela Politec-MT e confrontados os registros encontrados com os dados fornecidos pelo criminoso e confirmou, de acordo com a identidade emitida em Rondônia, a real identidade dele. A análise das digitais foi confirmada também na perícia realizada pela Polícia Federal de Mato Grosso no Sistema Multi Biométrico de Identificação, de abrangência nacional.

A Polinter deu cumprimento ao mandado de prisão no hospital, onde o criminoso segue internado sob custódia policial.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *