Carregadores derrubam imagem do Senhor Bom Jesus; veja

Um incidente chocante durante a primeira missa do ano na Catedral de Cuiabá deixou fiéis assustados, quando a réplica da imagem do Senhor Bom Jesus, padroeiro da cidade, caiu no chão enquanto a equipe se preparava para uma procissão.

O incidente foi registrado em vídeo, onde quatro homens se preparavam para sair da igreja com a imagem. Infelizmente, ocorreu um desequilíbrio, resultando na queda da estátua. Os gritos de surpresa e consternação dos religiosos ecoaram pela catedral diante desse inesperado acontecimento.

O padre Deusdete Monge esclareceu que a imagem em questão é uma réplica utilizada em cerimônias fora da igreja, enquanto a imagem original permanece guardada em local seguro para preservação. “Já estamos em contato com a pessoa que a fez para restaurar e também com pessoal de São João Del Rey, que é especialista neste tipo de trabalho. Quero reforçar que a imagem é uma réplica”, afirmou o padre.

O religioso explicou que a queda resultou em danos na cabeça da imagem e que a parte fixa entre a imagem e o suporte não estava firme, contribuindo para o incidente. Até o momento, não foram divulgadas informações sobre os custos e o prazo para os reparos na imagem sagrada.

Devido ao acidente e às condições climáticas adversas em Cuiabá, a procissão planejada foi cancelada, sendo realizada apenas a missa e atividades dentro da igreja Basílica Bom Jesus de Cuiabá. O ocorrido reforça a importância de cuidados na manipulação e conservação de itens religiosos, sendo que os fiéis aguardam ansiosamente a restauração da imagem para futuras celebrações.

Na manhã desta terça-feira, a comunicação da arquidiocese emitiu a seguinte nota:

A Arquidiocese de Cuiabá informa que a imagem do padroeiro Senhor Bom Jesus de Cuiabá, que caiu do andor, na tarde de segunda-feira ,1º de janeiro de 2024, momentos antes da tradicional procissão na Catedral Basílica Senhor Bom Jesus de Cuiabá, não se trata da escultura original, que chegou na capital em 1729, mas sim, uma réplica.

Construída em madeira maciça de cedro e internamente reforçada com barras de ferro, a imagem possui peso considerável e, por não ser fixada corretamente no andor, acabou se desprendendo e caindo ao chão.

O padre Deusdédit Monge, o cura — sacerdote responsável pela administração de uma catedral — está providenciando a restauração da peça que está na igreja desde 2016 e produzida por um artesão em Minas Gerais.

Diante dessa realidade, conforme o chanceler da Arquidiocese de Cuiabá, padre Luilson Sávio, mais do que um acidente, é preciso compreender a situação com olhos espirituais, assim como a tradição da igreja sempre o fez. O sacerdote compartilhou a seguinte reflexão:

Caiu o Senhor Bom Jesus de Cuiabá!
Incidente ou sinal?

Denodadamente um sinal…

Quantas vezes caiu o Senhor? Apenas três como narram os Santos Evangelhos?

Bem o sabemos que não.

Cai o Bom Jesus pelos nossos pecados, de toda a humanidade.

Caia o Bom Jesus pelas guerras, divisões e exploração do homem pelo homem;

Cai o Bom Jesus quando, na sua igreja, padres e leigos vilipendiam o Santo Padre, o Papa Francisco, Seu vigário na terra.

Senhor, tende piedade de nós.

Padre Luilson Sávio

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *