Operação “Iraquianas” cumpre 18 mandados contra investigados por tráfico

A Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes (DRE) deflagrou nesta quinta-feira (30.11) a Operação Iraquianas no combate ao tráfico doméstico de entorpecentes na Capital.

Após representação pela Polícia Civil, o Núcleo de Inquéritos Policiais de Cuiabá decretou 18 ordens judiciais, entre mandados de prisão preventiva, busca e apreensão domiciliar e bloqueios bancários de contas vinculadas aos investigados. Entre as ordens judiciais cumpridas estão cinco prisões preventivas, uma delas do Estado do Paraná.

Até o momento foram apreendidos mais de R$ 8 mil reais, proveniente da contabilidade do tráfico de drogas, um veículo e aparelhos celulares.

Conforme as investigações da DRE, os alvos da operação atuam em rede no comércio de entorpecentes, formando uma associação criminosa com predominância na região da Morada da Serra vendendo maconha, skunk e outras drogas para usuários locais.

A delegacia especializada apurou também que, além do controle da venda de drogas na região, os principais criminosos adquiriram patrimônio, incluindo imóveis com o dinheiro do tráfico.

As investigações prosseguem para apurar as movimentações financeiras e bens adquiridos ilicitamente pelos investigados.

O nome da operação faz referência ao modo como os alvos investigados se identificavam durante as negociações de drogas entre eles.

A Operação Iraquianas conta com apoio das equipes de policiais civis da Polinter, Deccor, DRCI e Defaz.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *