Polícia

Mulher é assassinada na frente do filho de 3 anos

Uma tragédia chocou Presidente Prudente, interior de São Paulo, na noite da última quarta-feira (15/11), quando uma mulher de 27 anos, identificada como Dayane Stefanie Henn Tricote, foi brutalmente assassinada na frente do próprio filho de 3 anos. O corpo foi encontrado por volta das 21h, após o menino conseguir se comunicar com vizinhos pela janela, relatando o ocorrido. O principal suspeito do crime é o pai da criança, que está foragido.

A Polícia Militar foi acionada após o pequeno comunicar aos vizinhos sobre o que havia acontecido com a mãe. Ao chegarem ao local, os policiais encontraram o corpo em rigidez cadavérica, sugerindo que Dayane Stefanie teria sido morta horas antes. Na madrugada do mesmo dia, uma vizinha havia relatado à PM que ouviu sons de tiros provenientes da casa da vítima, mas, ao bater na porta, não obteve resposta.

Diante do silêncio na casa ao longo do dia, os vizinhos, preocupados, pediram ao filho da vítima que jogasse a chave pela janela. Ao entrar, depararam-se com a trágica cena e a declaração do menino: “Machucaram a minha mãe”. O companheiro de Dayane, também pai da criança, não foi localizado e é considerado o principal suspeito do crime.

A Polícia Militar informou que o casal era usuário de drogas, e a região já registrava diversas ocorrências relacionadas ao consumo de entorpecentes. Contudo, essas informações não foram especificadas no boletim de ocorrência.

O caso foi registrado na Delegacia Seccional de Presidente Prudente como homicídio e violência doméstica. A Delegacia Especializada em Investigações Criminais (Deic) assumiu a investigação, enquanto o suspeito permanece foragido, intensificando os esforços para sua localização e prisão.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *