Senadora de MT ‘aborta’ viagem a China para acompanhar Reforma Tributária

A senadora Margareth Buzetti (PSD) decidiu cancelar sua ida junto a comitiva do Governo do Estado para Xangai, Haikou e Shenzhen na China em busca de novos negócios para os consumidores do estado, que ocorrerá no início do mês de novembro. 

Lá a senadora participaria da feira “China Internacional Import Expo” (CIIE), com estande no pavilhão de alimentos e agricultura. 

A parlamentar, que já havia sido liberada no Senado Federal para realizar a viagem, optou por não ir para acompanhar a votação da Reforma Tributária que deve ser votada em plenário da Casa de leis, também em novembro. “A prioridade é a Reforma Tributária, eu iria me cobrar se eu não votasse um tema tão importante que pode mudar o rumo do estado”, afirmou a Buzetti.

 O relatório da reforma tributária deve ser apresentado no próximo dia 27 e a proposta está prevista para ser votada no dia 9 de novembro. De acordo com o senador Eduardo Braga (MDB-BA), relator do processo, o texto aprovado pela Câmara dos Deputados terá alterações. Uma das mudanças seria no aumento de recursos para o Fundo de Desenvolvimento Regional, que na proposta da Câmara conta com R$ 40 bilhões. 

Para Margareth, as reformas devem ser feitas em conjunto, para que os impactos sejam avaliados e minimizados e estimulem os principiais setores da economia. “Nós ainda não sabemos 100% o que tem no texto do relator, então esse mês será decisivo e não posso deixar passar sem estar presente nas discussões. Meu objetivo é conseguir que não seja cobrado R$ 1 a mais do cidadão brasileiro”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *