Cidades

Disputa por candidatura à Prefeitura pode levar a racha no União Brasil

Em uma reviravolta política em Cuiabá, a corrida pela candidatura à prefeitura no próximo ano pelo partido União Brasil está no centro das atenções. O governador Mauro Mendes expressou seu desejo de que os dois pré-candidatos do partido, o deputado estadual Eduardo Botelho e o secretário da Casa Civil, Fábio Garcia, cheguem a um entendimento antes da eleição.

Eduardo Botelho revelou que o governador pediu que eles se sentassem e tentassem chegar a um acordo. No entanto, ele não parece muito otimista em relação a essa possibilidade, afirmando que o encontro será importante, mas não demonstrando entusiasmo com a perspectiva de entendimento.

A disputa pela candidatura tem o potencial de dividir o União Brasil, já que o presidente da Assembleia, Eduardo Botelho, ameaça deixar o partido se a escolha do candidato não for feita de forma transparente. Atualmente, o PSD surge como uma alternativa viável caso Botelho decida sair do União Brasil.

Fábio Garcia é o nome preferido do governador Mauro Mendes, que também é o presidente do União Brasil em Mato Grosso. Por outro lado, Eduardo Botelho conta com o apoio da bancada do partido na Assembleia Legislativa, incluindo figuras proeminentes como Dilmar Dal Bosco e Júlio Campos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *