Sesc assume Salgadeira em 2024

O Terminal Turístico da Salgadeira, localizado em Mato Grosso, passará a ser administrado pelo Serviço Social do Comércio (Sesc) a partir de 1º de janeiro de 2024. A transição ocorre após a assinatura de um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) entre o Governo do Estado e o Ministério Público Estadual (MPE) em 28 de setembro.

O Complexo da Salgadeira, que faz parte da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico (Sedec), estava sob concessão da empresa LB Steak House Eireli desde junho de 2018. No entanto, a empresa foi autuada pela Sedec ao longo dos anos por descumprimento de várias cláusulas contratuais, incluindo questões de acessibilidade e a inoperância de uma Estação de Tratamento de Efluentes (ETE). Esses problemas resultaram em autuações por órgãos ambientais e, por fim, na rescisão unilateral do contrato em agosto de 2023 pela Sedec.

O atual concessionário continuará administrando o Terminal Turístico da Salgadeira até 14 de janeiro de 2024, com um período de transição até 1º de janeiro para garantir a continuidade dos serviços à população. A partir de 15 de janeiro, o Sesc assumirá integralmente a administração do local.

O secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, César Miranda, destacou a importância dessa solução, visto que a Salgadeira é um dos principais pontos turísticos e de lazer de Mato Grosso, atendendo uma grande parte da população da Baixada Cuiabana. O Sesc, conhecido por sua experiência e qualidade em serviços, será responsável por oferecer uma gestão de qualidade à comunidade e aos visitantes da Salgadeira.

A promotora Ana Luiza Peterlini, da 15ª Promotoria de Justiça Cível de Defesa do Meio Ambiente Natural da Capital, expressou sua confiança de que a população se beneficiará da gestão profissional do Sesc na Salgadeira, destacando a ênfase da instituição na qualidade, sustentabilidade e expertise na administração de locais no Mato Grosso.

O presidente do Sistema Fecomércio, José Wenceslau Júnior, enfatizou o compromisso do Sesc em oferecer turismo de qualidade na Salgadeira, que é a porta de entrada para a Chapada dos Guimarães e o Parque Nacional, considerando-o um patrimônio que merece ser preservado.

A assinatura do TAC contou com a presença de autoridades, incluindo o procurador-geral do Estado, secretários estaduais e representantes do Sesc, e demonstra o esforço conjunto para resolver os problemas na gestão da Salgadeira e garantir seu futuro como um destino turístico de excelência.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *