Operação balística em Sorriso: Prisão de executores de 11 Homicídios

Nesta quinta-feira (28.09), a Delegacia da Polícia Civil de Sorriso deflagrou a Operação Balística, com o objetivo de cumprir 10 mandados de prisão preventiva contra os responsáveis por 11 homicídios ocorridos no município, entre julho do ano passado e abril deste ano. Sorriso, infelizmente, figura como a sexta cidade mais violenta do Brasil devido aos alarmantes índices de homicídios.

Os mandados estão sendo executados em unidades prisionais de várias cidades, incluindo Sorriso, Sinop, Cuiabá, Rondonópolis e Várzea Grande, contra criminosos que já se encontram detidos por outros delitos.

A equipe de investigação concentrou-se em reunir informações relacionadas a diversos homicídios ocorridos em Sorriso durante o período de julho de 2022 até abril deste ano, nos quais armas de fogo foram utilizadas. Posteriormente, foi solicitado à Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec-MT) a realização de confronto balístico das armas apreendidas. O resultado desses exames confirmou a relação das armas com os autores dos crimes.

As vítimas desses homicídios eram jovens com idades compreendidas entre 14 e 25 anos, residentes em diferentes bairros de Sorriso.

De acordo com o delegado Bruno França, os responsáveis pelos crimes têm ligações com uma facção criminosa. “A maior parte das armas empregadas nos homicídios são de calibres 9mm (de uso restrito) e .380. Por isso, montamos uma força-tarefa para elucidar esses inquéritos, e os laudos de balística foram essenciais para confirmar a identificação dos autores”, explicou o delegado.

O nome da operação, “Balística”, faz referência ao crucial trabalho pericial realizado pela Politec, que serve como base para as investigações de crimes contra a vida.

A lista das vítimas desses homicídios inclui:

  1. Guilherme Kauan de Almeida Silva, 19 anos, assassinado em julho de 2022, no bairro Jardim Primavera;
  2. Fredy Henrique Ferreira Testa, 21 anos, executado em julho de 2022, no bairro Rota do Sol;
  3. Douglas da Silva Costa, 24 anos, vítima em julho de 2022 no bairro Boa Esperança, onde foram encontradas cápsulas de munições de calibre 9mm;
  4. David Pereira dos Santos, 15 anos, assassinado em agosto de 2022, no bairro Novos Campos, com cápsulas de munições de calibre .380 no local;
  5. Leonardo Fabrício Pires dos Santos, 18 anos, morto em agosto de 2022 no bairro Mário Raiter;
  6. Evandro Ribeiro, 25 anos, encontrado na estrada do Pontal do Verde em setembro do ano passado;
  7. João Vitor Henrique Rodrigues, 18 anos, assassinado em novembro do ano passado, no bairro São Domingos;
  8. Douglas Oseias dos Santos Silva, 21 anos, vítima em novembro de 2022, no bairro Industrial Nova Prata;
  9. Igor Gabriel Costa Macário, 20 anos, morto no bairro Novos Campos, também em novembro de 2022;
  10. David Bezerra Silva, 19 anos, assassinado em dezembro de 2022, no bairro Novos Campos, onde cápsulas de calibre 9mm foram encontradas;
  11. Gabriel Alves Moura, de apenas 14 anos, vítima em abril de 2023, no bairro Novos Campos.

A Operação Balística representa um esforço incansável das autoridades para trazer justiça às famílias das vítimas e para combater a violência que assola a cidade de Sorriso. A elucidação desses casos é um passo importante na busca pela segurança e pela paz na comunidade local.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *