Máfia da Energia: Cerco recupera R$ 15 mi em impostos de energia em MT

Desde janeiro deste ano, mais de R$ 15 milhões de impostos foram recuperados em ações de combate ao furto de energia em Mato Grosso. Com esse dinheiro, daria para fazer manutenções e novas unidades de 150 escolas no estado. Para tentar inibir as fraudes, a Energisa, em parceria com a Polícia Civil, Politec e Secretaria de Segurança Pública, intensificou as fiscalizações em comércios, indústrias e residências do estado.

Nesta sexta-feira, 15, mais dois casos foram flagrados em Cuiabá. Um proprietário de uma residência, que já teve 10 ações administrativas, foi mais uma vez flagrado fazendo furto de energia. Outro caso foi um supermercado menor de consumo. “A gente tem batido na tecla, mas é importante todo mundo entender que o ‘gato’ é crime. É um prejuízo que afeta todo o estado. Seja pelo imposto que deixa de ser pago, na conta que o cliente regular paga por quem não está pagando e no valor que deixa de ser investido na qualidade do serviço”, afirma Luciano Lima, gerente de combate a perdas.

Luciano explica que a Energisa tem um Centro de Inteligência de Combate a Perdas e que a concessionária está monitorando diariamente esses pontos de fraude. “Nossos especialistas acompanham esses possíveis furto de energia e órgãos competentes também estão de olho. Essas ações vão continuar semanalmente no estado. E a gente conta muito com o apoio da população na hora de fazer a denúncia. Se um supermercado ou vizinho furta, quem está pagando é você”, comenta o gerente.

As denúncias podem ser feitas pelos canais de atendimento da Energisa de forma anônima.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *