Vereadores de Cuiabá aprovam revogação do título de cidadão cuiabano concedido ao deputado Gilberto Cattani

Em uma votação expressiva de 21 votos a favor e 3 contra, os vereadores de Cuiabá aprovaram o parecer da Comissão Permanente de Constituição, Justiça e Redação (CCJR) que propôs a revogação do título de cidadão cuiabano concedido ao deputado estadual Gilberto Cattani (PL). A decisão foi motivada por comentários controversos feitos pelo deputado, incluindo uma comparação de mulheres feministas a vacas prenhas, bem como sua postura no conflito com a vereadora Maysa Leão (Republicanos), que foi alvo de ataques e ameaças por seguidores do deputado após uma publicação em seu perfil no Instagram.

Antes da votação, a vereadora Maysa Leão se pronunciou, enfatizando que cada parlamentar é responsável por suas ações e que não deve ser responsabilizado pelas ações dos outros. Ela argumentou que Gilberto Cattani não é digno do título de cidadão cuiabano devido à sua conduta inadequada.

Outros vereadores também se manifestaram a favor da revogação do título, destacando a postura radical do deputado e suas declarações inapropriadas. O vereador Wilson Kero Kero, autor da concessão do título a Cattani, defendeu que os comentários dos seguidores do deputado não refletem sua própria postura e alegou que isso faz parte dos desafios enfrentados na internet atualmente.

No entanto, a maioria dos vereadores concordou que a conduta de Cattani não estava alinhada com os valores e princípios da cidade e, portanto, a revogação do título era necessária. O vereador Chico 2000, presidente da Câmara e membro do mesmo partido de Cattani, também apoiou a decisão.

Apenas os vereadores Wilson Kero Kero, Adevair Cabral e Dr. Luiz Fernando votaram contra o parecer que propunha a revogação do título. Com essa votação esmagadora, a cidade de Cuiabá decidiu retirar a honraria concedida ao deputado Gilberto Cattani.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *