Homem é preso suspeito de planejar sequestro de secretário municipal em MT

Uma operação conjunta entre a Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Rondonópolis (DERF) e a Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO) revelou detalhes cruciais sobre um crime de sequestro e extorsão ocorrido na cidade de São José do Povo, localizada a 266,7 km de Cuiabá. O grupo criminoso sequestrou o secretário municipal na última terça-feira (22) e forçou-o a fazer transferências bancárias que totalizaram 247 mil reais.

O suspeito responsável pelo planejamento do crime foi detido em Cuiabá na quarta-feira (23), após a equipe da GCCO rastreá-lo até uma residência no bairro Jardim Mossoró. Dois outros suspeitos também foram encontrados no local e presos em flagrante por tráfico de drogas e associação para o tráfico.

O suspeito que planejou o crime já possuía dois mandados de prisão em aberto, ambos emitidos pela Comarca de Rondonópolis, relacionados a crimes de roubo majorado e tráfico de drogas.

No mesmo dia, a equipe da Derf de Rondonópolis deteve uma mulher de 22 anos por receber parte dos valores extorquidos da vítima sequestrada. Ela foi autuada em flagrante por extorsão qualificada, falsidade ideológica e falsa comunicação de crime.

Para encobrir seu envolvimento, a suspeita registrou um boletim de ocorrência em Rondonópolis, alegando que seu aparelho celular – contendo senhas de aplicativos bancários – havia sido roubado. Esse relato tinha o objetivo de exonerá-la de qualquer participação no crime.

A Delegacia de Roubos e Furtos de Rondonópolis continua investigando o caso para identificar todos os envolvidos nesse crime de extorsão mediante sequestro.

O crime em questão envolveu o arrombamento da residência da vítima por dois homens, que roubaram objetos e a forçaram a entrar em seu próprio veículo. Em um cativeiro, a vítima foi obrigada a fazer transferências bancárias enquanto os criminosos mantinham contato com um terceiro indivíduo que instruía a operação. Após as transferências, o secretário municipal foi libertado próximo a Rondonópolis. Os detalhes desta operação reforçam a importância da cooperação entre as forças policiais para enfrentar crimes complexos como esse.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *