Polícia

Suspeito de assaltos em Aragarças é morto na rodoviária de Barra do Garças após sair de audiência de custódia

Na noite desta quinta-feira (27), Antonio Carlos Manhezo Vaz, de 21 anos, foi morto na rodoviária de Barra do Garças. Ele era suspeito de ter cometido uma série de assaltos no município de Aragarças, localizado na divisa entre Mato Grosso e Goiás, ao longo desta semana.

Segundo informações, o rapaz chegou a ser detido na quarta-feira, mas foi liberado após passar por audiência de custódia, alegando que não estava em flagrante.

Após sua liberação, o assaltante seguiu para Barra do Garças e foi visto no guichê da empresa Moreira, onde estava comprando uma passagem de ônibus. Foi nesse momento que dois homens se aproximaram e efetuaram disparos contra ele.

Testemunhas relataram que Antonio Carlos caiu logo após o primeiro tiro e, em seguida, foi alvo de mais 16 disparos de arma de fogo. Os criminosos fugiram do local após o ataque.

Uma equipe médica foi chamada à rodoviária e confirmou a morte do rapaz. A Polícia Civil também foi acionada para investigar o caso.

De acordo com informações, Antonio Carlos teria participado de uma série de assaltos ocorridos entre os dias 15 e 23 de julho em Aragarças. Seu comparsa nos crimes, Renato Pereira Lima, acabou morrendo em um confronto com a polícia durante a ação.

As autoridades estão investigando o caso para esclarecer as circunstâncias do homicídio e a possível relação com os assaltos cometidos anteriormente.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *