Política

Vice-governador Pivetta nega compromisso de Mauro deixar Governo para concorrer ao Senado

O vice-governador Otaviano Pivetta (Republicano) negou os rumores de que o governador Mauro Mendes (União) irá deixar o governo em 2026 para poder concorrer a uma vaga no Senado. Pela legislação, caso decida participar do pleito, Mendes deverá deixar o cargo seis meses antes da eleição.

“Mauro nunca me falou que vai ser candidato ao Senado. É muito cedo para falar sobre isso, a gente antecipar as coisas, vamos aguardar mais”, disse à imprensa na última segunda-feira (10).

Ele ainda contestou os rumores que já está pensando em uma possível candidatura ao governo após a saída de Mauro e já começou a fazer campanha. “Eu participo da equipe de governo, então é natural que eu visite os municípios”.

Pivetta ainda enfatizou que não irá discutir as eleições de 2024, já que ainda é cedo para essa tomada de decisão. “O fato é que a minha experiência, me orienta que não devemos antecipar decisões políticas. Isso é muito desgastante, queima muita energia”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *