Bandido audacioso rouba arma de PM e gera confronto em Cuiabá; Veja

Um policial militar, de 30 anos foi assaltado na noite de quarta-feira (21), e teve a arma roubada dentro do estacionamento do supermercado Fort Atacadista, no bairro Paiaguás, em Cuiabá. Durante as buscas, os agentes da Rondas Ostensivas e Táticos Móveis (Rotam) conseguiram balear um dos suspeitos, enquanto outro foi preso.

De acordo com o boletim de ocorrência, o policial estava no supermercado por volta das 19h, acompanhado do pai, quando foi rendido por dois homens armados. A dupla conseguiu roubar seu revólver e fugir pelos fundos do estabelecimento, um deles em uma motocicleta.

Após relatar o roubo à Polícia Militar, foram iniciadas as buscas pelos criminosos. Nas proximidades do bairro Jardim Três Poderes, os militares ouviram disparos de tiros e avistaram dois suspeitos, um em uma motocicleta e outro a pé.

Ao perceberem a presença dos policiais, o suspeito a pé entrou na mata, enquanto o comparsa de moto escapou em alta velocidade, sendo perseguido pelos agentes.

Após certo tempo, a equipe da Rotam interceptou o suspeito, que sacou uma arma e disparou contra os policiais, resultando em uma troca de tiros. Após percorrer uma distância, o suspeito foi detido.

Durante a abordagem, foi constatado que o suspeito estava ferido e sangrando, possivelmente como resultado dos disparos efetuados pelos agentes da PM.

Uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionada para prestar os primeiros socorros ao criminoso, que foi encaminhado ao Hospital Municipal de Cuiabá (HMC).

A arma usada pelo bandido foi encontrada com seis munições, sendo cinco picotadas e uma deflagrada. Além da equipe da Rotam, o Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer) também participou do acompanhamento do suspeito.

Segundo informações da polícia, o suspeito usa tornozeleira eletrônica e possui uma extensa ficha criminal. As armas utilizadas pelos policiais militares envolvidos no confronto foram recolhidas para investigação.

por J1 Agora

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *