Governo do estado e prefeitura de Várzea Grande definem cronograma de avanços das obras BRT

Obras de implantação do BRT seguem ritmo acelerado e novas intervenções na FEB acontecem a partir desta semana.

As obras de recuperação do canteiro central de uma das principais avenidas de Várzea Grande, a FEB, que ficou paralisada por uma década (10 anos) continuam em ritmo acelerado e novas intervenções estão sendo planejadas para serem executadas com o menor impacto possível para condutores de veículos ou pedestre que utilizam a mesma para ir à Cuiabá ou vir de lá para cá.
A estimativa técnica é de que no horário de pico, mais de 5 mil veículos trafeguem no trecho entre as duas principais cidades de Mato Grosso.
Um novo cronograma de ampliação do novo trecho de obras da Avenida da FEB foi decidido e começa a ser executado a partir desta quarta-feira, 07 de junho e envolve o fechamento do semáforo da Travessa da Independência, no Bairro Alameda, a primeira intercessão após a Ponte Júlio Muller na região do Porto.
A Travessa Independência é a que dá acesso a região da Alameda e da Júlio Muller tanto para Cuiabá como para o centro de Várzea Grande e permite o acesso para a Avenida Dr. Paraná no Grande Cristo Rei ou acesso a Ponte Sérgio Motta que dá acesso a Cuiabá e a Avenida Beira Rio, bem como o Coxipó da Ponte e adjacências.
Foram estabelecidas ações conjuntas e estratégias para garantir o menor impacto possível nesta intervenção. Ficou decidido que a interdição será realizada no dia 7 de junho, contando com o imprescindível apoio Guarda Municipal e dos Agentes de Trânsito, que estarão presentes para auxiliar os motoristas e garantir a segurança no local.
O Secretário de Adjunto de Infraestrutura do Estado, Isaac Nascimento disse que tanto o Governo do Estado quanto a Prefeitura de Várzea Grande estão empenhados em promover o desenvolvimento do projeto com equilíbrio no setor empresarial e fluxo contínuo da Avenida da FEB. Essa parceria entre os órgãos públicos é fundamental para viabilizar este importante projetos de infraestrutura Urbana que beneficiem toda população.
O Coordenador de Mobilidade Urbana de Várzea Grande, Cidomar Arruda, diz que a ampliação desse trecho é uma medida importante para ligar o trecho já em fase de pavimento rígido com a ponte Júlio Muller trazendo maior fluidez ao trânsito nos horários de pico. Com a interdição do semáforo da Travessa da Independência, será possível avançar nas obras de maneira mais eficiente e segura.
A interdição temporária do semáforo da Travessa da Independência pode causar transtornos no trânsito local, por isso é essencial o apoio da Guarda Municipal e dos Agentes de Trânsito, que orientarão os motoristas sobre as rotas alternativas e garantindo a fluidez do tráfego.
A população deve estar ciente dessas intervenções e se preparar para possíveis alterações no trânsito durante o período de interdição. É fundamental que todos estejam atentos às sinalizações e sigam as orientações dos Agentes de Trânsito para evitar transtornos e garantir a segurança no local.
Com a definição do cronograma e a colaboração entre os diferentes setores envolvidos, espera-se que a ampliação do trecho de obras na Avenida FEB seja concluída dentro do prazo estabelecido, proporcionando melhorias significativas para a Mobilidade Urbana e o desenvolvimento da região. disse Cidomar Arruda.
As definições da nova intervenção na Avenida da FEB foram adotadas pelo Governo do Estado e pela Prefeitura de Várzea Grande, que traçam as estratégias visando o menor impacto aos condutores de veículos e pedestres, sem despreza o comércio e a indústria local que foram demasiadamente afetados pelas obras do VLT (Veículo Leve sobre Trilhos) que está sendo substituído pelo BRT (Bus Rapid Transit), ônibus de trânsito rápido em faixa exclusiva.
Participaram das definições os representantes da Secretaria de Estado de Infraestrutura (Sinfra), Secretário Adjunto Isaac Nascimento, a Engenheira de fiscalização do BRT Mary Cerci, pela Prefeitura estiveram presentes o Coordenador Cidomar Arruda da Secretaria de Serviços Públicos e Mobilidade Urbana, o Engenheiro Waldisnei Moreno da Pasta de Viação e Obras e o Coronel Alessandro Ferreira da Silva, Secretário de Defesa Social de Várzea Grande e João Mendanha da Guarda Municipal.

ROTAS ALTERNATIVAS DURANTES AS OBRAS DO BRT

SENTIDO – AEROPORTO / Ponte JULIO MÜLER / CUIABÁ
1º – Avenida 31 de Março, Av. Isabel Pinto, Av. Dr. Paraná, Ponte Sergio Motta
2º – Rua Irmã Elvira, Rua Alves de Oliveira, Travessa Barnabé de Mesquita, Dom Orlando Chaves, Ponte Nova

SENTIDO – CUIABÁ/CENTRO DE VÁRZEA GRANDE/ AEROPORTO
1º – Rotatória do Fort Atacadista/ Av. vereador Abelardo Azevedo; Av. Dom Orlando Chaves; Av. 31 de Março:
2º – Rua Manoel Gomes; Rua Benedita Bernardina Curvo (atrás das Lojas Havan); Rua Brasília; Av. Ulisses Pompeu (Ponte Nova).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *