Política

Mendes vai a Brasília assumir a BR-163, a convite de Lula

Governador Mauro Mendes (União) embarca para Brasília na manhã desta quinta-feira (4) para assumir o comando da BR-163. O evento aconteceria em Cuiabá, mas foi transferido para o Palácio do Planalto, a convite do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).


A cerimônia está marcada para as 12h30 e deve contar com a presença da bancada federal de Mato Grosso. A transferência da rodovia, classificada como “histórica e inovadora” pelo próprio chefe do Executivo, põe fim numa longa negociação feita entre o governo e a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), que possibilitará que as obras de duplicação e recuperação da rodovia tenham início ainda em 2023.


O Estado, por meio da MT Par, comprou as ações da Odebrech e passará a ter o controle acionário da empresa Rota do Oeste.


A alternativa para o impasse foi construída junto ao Tribunal de Contas da União (TCU). Desde então, o Executivo buscou a renegociação de R$ 920 milhões em dívidas da concessionária. No final de março, o governo recebeu o último aceite para seguir com a troca do controle acionário.


Investimento na retomada da duplicação e das melhorias de trechos críticos da BR-163 pelo governo de Mato Grosso está estimado em R$ 1,6 bilhão nos próximos dois anos.


Inicialmente foi previsto aporte de R$ 1,2 bilhão, mas o governo anunciou complementação de R$ 400 milhões para outro pacote de obras programadas para o 1º ano de concessão, incluindo a recuperação da pista simples da rodovia federal, concedida à iniciativa privada em 2014.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *