Política

Deputados aprovam contas do Governo do Estado de 2022

Deputados estaduais de Mato Grosso, reunidos em sessão ordinária nesta quarta-feira (26), aprovaram, em votação única, os ofícios 838/2022, que encaminha as contas anuais do Governo do Estado relativas ao exercício de 2020, e o Ofício 1368/2022, das contas anuais de gestão do Tribunal de Contas do Estado (TCE-MT), referentes ao exercício de 2020.

O Ofício 838/2022, do Tribunal de Contas do Estado, que encaminha contas anuais do governo, relativas ao exercício de 2020, com parecer favorável da Comissão de Fiscalização e Acompanhamento da Execução Orçamentária, foi aprovado com 21 favoráveis e dois contra, dos deputados Lúdio Cabral e Valdir Barranco, ambos do PT.

Os deputados Valmir Moretto (Republicanos), Sebastião Rezende (União) e Wilson Santos (PSD) se posicionaram na tribuna para destacar o crescimento da economia mato-grossense e o equilíbrio fiscal implantado pelo Governo do Estado. “O governo arrumou a casa, atingiu a nota máxima do Tesouro em gestão, tem salário dos servidores e pagamento dos fornecedores em dia, e a Secretaria de Infraestrutura tem mais de R$ 900 milhões em caixa. Isso é inédito na administração de Mato Grosso”, disse o deputado Wilson Santos em discussão da matéria no plenário.

“Quando assumimos o mandato de deputado, chegávamos na Sinfra e não tinha recursos. Hoje a Sinfra tem R$ 900 milhões em conta e o orçamento é para este ano é de quase R$ 5 bilhões de reais. Quando assumimos o Estado com o governador Mauro Mendes, o Estado não tinha condições de cumprir com suas obrigações. Hoje onde você chega, a cidade do interior deixou de ser uma cidade do passado e virou uma cidade do futuro”, destacou o deputado Valmir Moretto (Republicanos).

O ofício 1368/2022, do Tribunal de Contas, que encaminha as Contas Anuais de Gestão do Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso, relativas ao exercício de 2021, com parecer favorável da Comissão de Fiscalização e Acompanhamento da Execução Orçamentária, teve 22 votos favoráveis à aprovação e nenhum contrário.

Em plenário, os deputados Júlio Campos (União), Wilson Santos (PSD), Sebastião Rezende (União) e Carlos Avalone (PSDB) fizeram questão de discutir a matéria para destacar o a importância da Corte de Contas. “O Tribunal de Contas do Estado é a mais importante e referenciada Corte de Contas do País”, disse o deputado Wilson Santos. Segundo ele, o “TCE é respeitado no Brasil”.

Sebastião Rezende (União), disse que uma das marcas do Tribunal de Contas é a eficiência. “Nosso tribunal tem sido referência nacional em eficiência. Isso evidencia a grande do presidente Novelli e demais conselheiros. O tribunal, com seu corpo técnico, tem nos dado embasamento para votar as contas de governo. É um exemplo e nos auxilia muito nesta Casa de Leis”, declarou.

“Quero realçar o grande trabalho que o Tribunal de Contas do Estado vem fazendo. Tive o privilégio de participar daquela Corte de Contas, indicado por esta Assembleia. É um tribunal bastante amplo, mas quem domina é o Poder Legislativo”, disse o deputado estadual Júlio Campos (União). “Hoje o TCE é orgulho para todos nós, extremamente moderno, extremamente respeitado. Vêm conselheiros de outros estados conhecer o trabalho do TCE. Quero pedir a todos que apoiem e aprovem por unanimidade as contas do TCE”, completou o parlamentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *