Polícia Civil identifica adolescente que ameaçou ataque em escola de MT

A Polícia Civil, por meio da Delegacia Especializada de Repressão a Crimes Informáticos (DRCI) e Delegacia de Nova Xavantina, identificou o adolescente responsável por criar um perfil falso na rede social e fazer uma ameaça contra uma unidade de ensino. 

Por meio da página virtual, o menor, de 17 anos, ameaçou fazer um massacre em uma escola pública de Nova Xavantina.

Logo que foram acionados pela Delegacia de Nova Xavantina, os policiais civis da DRCI passaram a apurar as informações, que resultou na identificação do autor.

O adolescente foi localizado e encaminhado à unidade policial para esclarecimentos. Ouvido pelo delegado de Nova Xavantina, Raphael Diniz, o adolescente disse que a postagem seria apenas uma ‘brincadeira’. A mãe do menor também foi ouvida na Delegacia de Nova Xavantina.

Conforme apuração da Polícia Civil, o adolescente já praticou ato infracional análogo ao artigo 41 da Lei de Contravenção Penais, que é praticar ato capaz de provocar pânico ou tumulto.

A Polícia Civil destaca que tem reprimido a prática de condutas como essa, atuando com ações investigativas, por meio da DRCI, para repressão às divulgações de ameaças em redes sociais envolvendo escolas de Mato Grosso.

A ação investigativa faz parte da Operação Escola Segura, desencadeada pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP), por meio da Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp),  em parceria com os estados. A mobilização vai realizar ações preventivas e repressivas contra ataques nas escolas em todo o país. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *