Polícia

Adolescente que confessou ter matado criança de 4 anos a facada em MT é solta pela Justiça

Titular da 3ª Vara Cível de Lucas do Rio Verde, o juiz plantonista regional do fim de semana Ramon Fagundes Botelho, acolheu a solicitação do Ministério Público e determinou a soltura da adolescente de 14 anos, apreendida acusada pela morte da criança de 4 anos em Nova Ubiratã (502 km ao Norte). O MP não viu provas suficientes e também suspeita que a jovem seja vítima de violência doméstica e estupro.

O MP pediu a liberação da menor de 14 anos por considerar que não havia provas convincentes de que ela foi a autora do homicídio de Jefferson Miguel Mann de Almeida, 4 anos, já que em seu depoimento a adolescente apresentou versões contraditórias do crime e não conseguiu explicar o ocorrido.

Além disso, o pai de Jefferson, que é testemunha chave, não foi ouvido pela Polícia. Por fim, ainda há suspeitas de pratica de violência doméstica e estupro de vulnerável praticados pelo pai da criança que morreu, contra a adolescente apreendida.

O caso

O crime ocorreu na sexta-feira (24) no distrito de Entre Rios, no município de Nova Ubiratã. A criança foi esfaqueada no peito e braço, supostamente pela adolescente, foi socorrida, mas morreu após tentativas de ressuscitação realizada pela equipe médica, nos braços de sua avó.

Antes de admitir o crime, a menor deu informações contraditórias durante depoimento e apresentou duas versões à polícia, a primeira de que um homem tentou cometer violência sexual contra ela e matou a criança; depois ela disse que a criança teria cometido suicídio.

A adolescente foi autuada em flagrante por ato infracional análogo ao crime de homicídio na delegacia. Ela disse à polícia que matou o menino porque a criança era muito “arteira”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *