Polícia

Bandido estupra mulher e diz que plano era matá-la

Um estuprador investigado pelo crime ocorrido no município de Juruena (880 km a noroeste de Cuiabá), foi preso pela Polícia Civil, na segunda-feira (06), em cumprimento de mandado judicial.

O bandido de 20 anos teve a ordem de prisão preventiva, decretada pelo juízo da Vara Única da Comarca de Cotriguaçu, após investigação da Delegacia de Juruena para apurar o crime.

No dia 11 de fevereiro, a Polícia Militar foi acionada pela vítima de 41 anos para atender a ocorrência. Ela relatou que ao descer do ônibus foi seguida por um homem, que se aproximou por trás e a agarrou pelo pescoço.

A mulher foi levada até um barranco, onde foi violentada sexualmente. Após cometer o estupro, o bandido afirmou que o plano era matá-la, porém não executaria o segundo crime.

Em seguida a mulher conseguiu correr e o criminoso entrou em uma camionete e passou a persegui-la, tentando cercá-la na rua, mas acabou se envolvendo em um acidente, vindo a bater o veículo em um poste.

Diante dos fatos os policiais civis passaram a diligenciar para esclarecer a autoria dos fatos, logrando êxito em identificar o criminoso, o qual teve o mandado de prisão preventiva representado pela Polícia Civil de Juruena.

Com o pedido judicial deferido pelo Poder Judiciário, a equipe conseguiu localizar e prender o investigado na segunda-feira (06). Em cumprimento a prisão preventiva, ele foi encaminhado para as providências cabíveis.

Ele foi interrogado pelo delegado, Mateus Almeida Oliveira Reiners, acerca dos fatos e posteriormente colocado à disposição da Justiça.

por Reporter MT

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *