Kalil recebe novos médicos residentes no Hospital e Pronto-Socorro Municipal de VG

O prefeito de Várzea Grande, Kalil Baracat, e o secretário Municipal de Saúde, Gonçalo Aparecido de Barros, participaram de evento de acolhida, da segunda turma de médicos residentes, no Hospital e Pronto Socorro de Várzea Grande, aprovados em processo seletivo. Ao todo, oito profissionais participam das atividades da semana de acolhida da unidade, com a participação também do Corpo Clínico e Direção Geral.

No acolhimento, o prefeito Kalil Baracat destacou a importância da residência médica na vida dos profissionais, que impacta diretamente na qualidade do atendimento à população. “Hoje iniciamos com o novo grupo e estamos realizando essa semana de acolhimento. Esse é mais um importante passo para o médico recém-formado. Aqui, ele vai melhorar as habilidades dentro da sua especialidade para começar a trabalhar, com foco voltado ao SUS”.

De acordo com o prefeito, todos os esforços necessários foram dispensados para o Executivo Municipal conseguir o credenciamento autorizado pela Comissão Nacional de Residência Médica do Ministério da Educação para dois programas de residência médica: clínica médica e cirurgia geral. “A cada dia a demanda aumenta e novos médicos são bem-vindos. Quando a Residência é feita dentro da Unidade, já é a garantia de mais médicos disponíveis”, disse o prefeito.

Conforme o Diretor Geral do Hospital e Pronto Socorro Ney Provenzano, os novos residentes terão uma série de atividades no decorrer desta semana que tem a finalidade inseri-los na rotina do hospital. “Eles vão somar aos quatro médicos generalistas da nossa primeira turma do programa. Para a clínica geral a especialização tem duração de dois anos, e da cirurgia geral a duração de três anos. Todos os anos, a intenção é promover processo seletivo para Residência Médica. Para aumentar especialidades estamos trabalhando nas melhorias físicas da unidade com aumento de leitos de UTIs e salas cirúrgicas”, disse ele.

O secretário Municipal de Saúde, Gonçalo de Barros explica que a residência médica é uma modalidade de ensino de pós-graduação destinada a médicos. Quando cumprida integralmente, dentro de determinada especialidade, confere ao médico-residente o título de especialista. “Estamos investindo pesado na unidade na sua infraestrutura e na aquisição de aparelhos de alta tecnologia, para melhor atender aos pacientes e ao mesmo tempo dar condições de trabalho aos médicos, na eficiência do diagnóstico e tratamento”, explicou Gonçalo de Barros.

Gonçalo fez questão ainda de afiançar que implantar no Hospital e Pronto Socorro a Residência Médica faz parte do plano de governo projetado em etapas de investimentos dentro da Saúde do Município.

“Em março de 2023 completamos um ano desse programa de residência médica, e iniciamos nova turma. O principal objetivo é melhorar o atendimento, melhorar os profissionais buscando identificar o profissional médico com o nosso hospital. O programa já tem nos ajudado a conseguir números satisfatórios, caminhamos para conseguir outro credenciamento no Ministério da Saúde que é o de transformar nosso Pronto-Socorro em Hospital-Escola. Para isso também estamos ampliando e reestruturando a unidade por completo. Todas as áreas, as clínicas, a sala vermelha e de estabilização, as alas de trauma e de pediatria hoje possuem entradas independentes, com corredores liberados. Temos certeza de que essa residência médica vai coroar essa reestruturação após a construção das UTIs ainda neste ano de 2023”, comemorou ele.

O médico Glen Arruda, coordenador da Comissão de Residência Médica (Coreme) do Hospital Pronto-Socorro Municipal de Várzea Grande explica que a residência médica cumpre também um importante papel social.

“O médico residente além de se capacitar ele também atende a um leque amplo de pacientes e, portanto, o acesso do médico a uma variedade de doenças e suas causas, torna seu ensino mais proveitoso. Na nossa unidade a equipe é atualizada, motivada e de alta qualidade técnica, o que permite tratar o residente por igual. Treinando-o e ensinando-o no dia a dia e na prática, com certeza será um excelente especialista, e o melhor, fazendo parte da equipe médica”, afiançou.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *