Polícia identifica acusados de pichar nome de facção em peça publicitária da segurança pública em MT

A Polícia Civil identificou os autores do vandalismo contra o outdoor de uma campanha do Governo do Estado, em Cuiabá. O inquérito foi instaurado pela Gerência de Combate ao Crime Organizado para apurar a autoria do crime contra a peça publicitária de uma campanha da área de segurança pública, instalada em uma rotatória de acesso ao bairro Tijucal, onde foi mencionado o nome de uma facção criminosa.

A investigação para chegar aos autores do vandalismo contou com o auxílio das Delegacias de Terra Nova do Norte e de Lucas do Rio Verde. Os investigados, que estão presos por outro crime ocorrido na capital, confessaram a autoria do vandalismo e informaram que o ato foi praticado de maneira isolada, sem ordem de eventual liderança da facção criminosa.

O investigado de 19 anos declarou em interrogatório que conheceu o outro comparsa há quase duas semanas e este o convidou para pichar um outdoor que estava instalado perto da casa da mãe dele, no bairro Tijucal. Durante a madrugada do dia 14 de fevereiro, ambos resolveram fazer a pichação.

O segundo investigado alegou que fez a pichação porque estava embriagado e que achou as latas de tintas usadas no ato de vandalismo, na residência de sua mãe. Ele alegou ainda que não houve nenhuma determinação por parte de organização criminosa e decidiu, junto com o comparsa, em comum acordo, realizar o ato criminoso.

Ambos responderão pelo crime de pichação, previsto no artigo 65, da Lei de Crimes Ambientais.

Só Notícias 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *