Policial

Bope faz simulação de ação contra terroristas em curso na Arena Pantanal

Um grupo de 27 policiais militares do Batalhão de Operações Especiais (Bope) da Polícia Militar de Mato Grosso participou de uma simulação de enfrentamento a uma ação terrorista, nesta sexta-feira (10.02), na Arena Pantanal, em Cuiabá, durante o curso de preparação de agente contraterrorista oferecido pelo Estado. 

Na simulação, os policiais militares atenderam a um chamado contra um grupo terrorista que tinha sequestrado o diretor-chefe de um órgão público ambiental e os policiais militares do Bope tiveram que resgatar a vítima e prender os suspeitos.

O comandante do Bope, tenente-coronel Frederico Correa Lima Lopes, afirmou que o curso teve início na segunda-feira (06) e finalizou com essa simulação de um ato terrorista que colocou em prática todos os ensinamentos ministrados na capacitação.

“O intuito do curso é preparar os policiais para possíveis ações terroristas, onde treinamos a intervenção da equipe, a parte da inteligência policial, entre outras ações quanto a prevenção deste tipo de crime. A ação de treinamento é essencial para estarmos nos capacitando dia-a-dia, sempre nos atualizando e buscando novas informações. Nosso estado não tem histórico (de ações terroristas), mas não podemos abaixar a guarda”, ressaltou o comandante do Bope da PMMT.

O Curso de Contraterrorismo foi ministrado por policiais militares do Bope de Minas Gerais. O instrutor do curso, capitão Paulo Vinicius Rodrigues de Matos, destacou a parceria e intercâmbio entre as polícias militares para a capacitação e união da segurança pública em todo o país.

“Muitos militares buscam conhecimento e treinamento e temos essa oportunidade de compartilhar informações. O crime não tem fronteira, o criminoso não respeita limites e nós policiais temos que buscar conhecimento, interagindo com forças de outros estados e tendo essa boa comunicação entre ambos”, afirmou.

O tenente Maurício Alves, que participou da simulação, enfatizou a importância da capacitação. “É um sentimento de satisfação de estar participando do curso de contraterrorismo e ver que o nosso Batalhão de Operações Especiais está sempre buscando capacitar e instruir os seus policiais e garantindo que seu efetivo esteja pronto para sempre atender a qualquer missão”, destacou.

A qualificação faz parte dos investimentos feitos pelo Governo nas polícias, como pontuou o tenente-coronel Frederico Correa Lima Lopes. “Estamos muito bem equipados, em breve chegarão mais armamentos e equipamentos de proteção, como trajes antifragmentação para o esquadrão antibombas. Estamos evoluindo e o Governo tem colaborado muito com a estruturação logística da PM e do Bope, consequentemente”, finaliza o tenente-coronel.

A simulação de contraterrorismo ocorrida na Arena Pantanal também teve o apoio de duas equipes do Corpo de Bombeiros Militares de Mato Grosso.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *