Política

Vereadora de VG processa líder comunitário em R$ 20 mil por áudios

Após um episódio que envolveu dois vereadores e um líder comunitário, a vereadora Profª Eucaris (MDB), processou o líder comunitário Alex Força Jovem em R$ 20 mil.

Segundo as informações, o caso aconteceu em fevereiro do ano passado, quando os vereadores Bruno Rios e Profª Eucaris foram fiscalizar “pneus careca, ônibus velhos, numeração de identificação incompleta”, da empresa de ônibus União Transportes e Alex teria mandado áudios em grupos de WhatsApp questionando a visita.

Ao comentar a ida dos vereadores, o líder comunitário teria mandado áudios em grupos que viriam a valer R$ 20 mil. Força Jovem que é representante do bairro Mapim, falou sobre os dois parlamentares, mas somente uma se ofendeu e o processou.

Alex conta que em seus áudios teve a intenção de provocar os vereadores a também investigarem a falta de água em Várzea Grande, os hospitais, as faltas de medicamentos, as filas lotadas, e não somente uma fiscalização no transporte público da cidade. E que pela indignação sua e de todo o povo várzea-grandense ele pode ter se excedido, mas seus pedidos de desculpas que foram divulgados publicamente pela mídia não tiveram tanto efeito.

“Ela quer me arrancar dinheiro, de uma coisa que eu só reivindiquei pela população. Achei errado mesmo, ela só querer fiscalizar pneus de ônibus, enquanto tem coisas mais importantes e que precisam ser fiscalizadas, como o Pronto-Socorro”, disse o líder comunitário.

Em uma das mensagens que consta no processo, seria “que faz farra com dinheiro público”, “só aparece de quatro em quatro anos”, isso teria ofendido a honra e a dignidade da parlamentar, motivo suficiente para cobrar R$ 20 mil.

O MT de Fato está aberto a um direito de resposta da Vereadora Eucaris.

por Paulo Ricardo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *