Após decreto do STF, Prefeitura de Cuiabá se mobiliza para neutralizar atos antidemocráticos

Cumprindo a ordem judicial do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), a Prefeitura de Cuiabá, mantém nesta quarta-feira (11), equipes da Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob) e da Secretaria de Ordem Pública (Sorp), para evitar a realização de uma mega manifestação marcada para às 18h de hoje, na Praça das Bandeiras. A Semob mantém equipes em pontos estratégicos da avenida Historiador Rubens de Mendonça (Avenida do CPA) evitando assim possíveis bloqueios ou acesso de manifestantes até o ponto de concentração.  Seis viaturas, além de motocicletas da Ordem Pública estão no local desde às 15h30. 

 Atendendo a pedido da Advocacia-Geral da União (AGU), o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou às autoridades públicas de todos os níveis federativos que adotem as providências necessárias para impedir quaisquer tentativas de ocupação ou bloqueio de vias públicas ou rodovias, bem como de espaços e prédios públicos em todo o território nacional. A decisão se deu nos autos da Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental (ADPF) 519. 

Em requerimento apresentado na ação, a AGU informou a mobilização em redes sociais de grupos antidemocráticos, com o intuito de organizar, promover e divulgar a “Mega manifestação nacional – Pela retomada do poder”, a ocorrer em todo o território nacional, especialmente nas capitais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *