Pelé, o maior jogador da história do futebol, morre aos 82 anos

O esporte brasileiro e mundial vive um dos dias mais tristes em sua história. Morreu, aos 82 anos, o ex-jogador Edson Arantes do Nascimento, o Pelé, nesta quinta (29/12).

O Rei estava internado desde o dia 29 de novembro no hospital Albert Einstein, em São Paulo, após apresentar um quadro de anasarca (inchaço generalizado) e insuficiência cardíaca descompensada.

Ele deixa um rico legado para os amantes do futebol, com uma carreira com mais de mil gols marcados.

Pelé ficou marcado na história do futebol mundial. Em toda sua carreira, ele marcou 1.281 gols, sendo 1.091 pelo Santos. Foram 32 títulos: nove internacionais, oito nacionais e 15 regionaisPeter Robinson/EMPICS via Getty Images

Pelé

Carreira

O Rei defendeu apenas dois clubes em toda a sua carreira no futebol: Santos e Cosmos FC. Mas o maior jogador de futebol de todos os tempos vestiu a camisa do time paulista em grande parte de sua história. Além, é claro, da Seleção Brasileira.

Com o Santos, o Rei conquistou inúmeros títulos, como o bi da Libertadores da América, Campeonato Paulista e Mundial Interclubes em duas oportunidades. Com a Seleção, Pelé foi tricampeão mundial (1958, 1962 e 1970).

Ao todo, o Rei marcou 1.283 gols em sua carreira e é o maior artilheiro da história do futebol mundial.

Extracampo

Assim como grandes craques brasileiros, o Rei teve uma vida badalada fora dos gramados. De namoro com a apresentadora Xuxa Meneghel a garoto propaganda de várias marcas, enquanto jogava, Pelé sempre chamou a atenção dos holofotes além das quatro linhas.

O Rei também se arriscava em outras áreas, como música e cinema. Pelé participou da vários filmes e até foi protagonista em algumas obras.

por Paulo Victor Soares, Raphael Costa

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *