Abílio diz apostar no pedido de Bolsonaro para tirar Lula do futuro mandato

O deputado federal diplomado Abílio Brunini (PL) diz ter “esperança” de o presidente diplomado Luiz Inácio Lula da Silva (PT) não assumir o cargo no dia 1º de janeiro. 

Abílio diz apostar na prerrogativa do presidente Jair Bolsonaro (PL) de pedir a cassação da chapa de Lula nos 15 dias restantes até a cerimônia de posse. 

“Ele tem 15 dias a partir da diplomação para entrar com uma ação de pedido de cassação da chapa. É um direito dele. Então, acredito que ele deve exercer tudo aquilo que lhe é direito”, afirmou. 

Abílio foi diplomado para o novo cargo nessa quinta-feira (15). Lula foi na terça-feira (13). As cerimônias encerraram o processo eleitoral deste ano, garantindo aos eleitos o exercício das funções pleiteadas. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *