Comissão de Relações Internacionais aprovou proposta de empréstimo de 40 milhões de dólares para MT

Instalada pela primeira vez na Assembleia Legislativa em março deste ano, a Comissão de Relações Internacionais, Desenvolvimento e Aperfeiçoamento Institucional foi responsável por analisar o mérito da proposta enviada pelo Governo Estadual com autorização para o Poder Executivo contratar um empréstimo no valor de 40 milhões de dólares com o Banco Mundial.

Projeto de Lei (PL) nº 431/2022 foi amplamente discutido pelos parlamentares da Casa e após ser aprovado em plenário nos dois turnos previstos e o texto sancionado pelo governador em junho, tornou-se a Lei nº 11.802/2022. Na época do debate sobre a transação, representantes do governo justificaram que o dinheiro seria usado no Programa de Sustentabilidade Fiscal, eficiência e Eficácia do Gasto Público – Pró-Gestão, e também viabilizaria a aquisição de sistemas de tecnologia da informação.

Além de apreciar projetos de lei, a Comissão de Relações Internacionais recebeu convidados para discutir temas como comércio exterior, tecnologia e investimentos. Representantes de órgãos como Câmara de Comércio Brasil Portugal e Instituto Defesa Agropecuária de Mato Grosso e também de um banco participaram de reuniões com os deputados do colegiado.

São membros titulares da comissão os deputados Gilberto Cattani (PL), Carlos Avallone (PSDB), respectivamente, presidente e vice-presidente. Completam a lista Xuxu Dal Molin (União), Prof. Allan Kardec (PSB) e Dilmar Dal Bosco (União). O colegiado é composto ainda pelos suplentes Janaina Riva (MDB), Nininho (PSD), Ulysses Moraes (PTB), Max Russi (PSB) e Dr. Eugênio (PSB).

Criação – A Comissão de Relações Internacionais, Desenvolvimento e Aperfeiçoamento Institucional foi a última comissão permanente criada pela Assembleia Legislativa. A oficialização veio por meio da Resolução nº 7.134/2021. O colegiado faz parte do Núcleo Econômico e conta com assessoria técnica.

Na instalação da comissão, ocorrida em 15 de março de 2022, o deputado Gilberto Cattani destacou que um dos objetivos seria mostrar Mato Grosso para parceiros internacionais. “Nosso principal foco será mostrar Mato Grosso internacionalmente. Hoje temos produtos mais valiosos, que são os que vêm da agricultura, mas ainda temos pouca industrialização. Precisamos buscar investidores para gerar emprego e renda para nosso estado”, afirmou o parlamentar.

Nessa reunião, Xuxu Dal Molin ressaltou que os governos atualmente estão buscando parcerias para trazer fertilizantes para país, diversificando o mercado e assim tornando a comida mais barata para o consumidor final.

por INGRIDY PEIXOTO / Secretaria de Comunicação Social

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *