Empresárias destacam “força e atuação” de mulheres empreendedoras através de Podcast

Alavancar e proporcionar sucesso de empreendedoras mato-grossenses e brasileiras sempre foi o alvo das empresárias Cristhiane Athayde do seguimento de registro de marcas e patentes e Tinara Fava atuante no Marketing e publicidade. Para impulsionar, fortalecer e fomentar ainda mais a qualidade dos serviços oferecidos pelos empreendedores que as empresárias desenvolveram a ferramenta de comunicação podcast “Magneticast”.
Em comemoração ao dia do Empreendedorismo Feminino em 19 de novembro “essas mulheres de sucesso” destacaram a importância do canal de comunicação que vem ganhando espaço entre as empreendedoras, que relatam suas áreas de atuação e negócios e os benefícios proporcionados ao público. A empresária e uma das idealizadoras do podcast Cristhiane Athayde disse que pode ser observado por meio de pesquisas, estudos que mostram que durante a pandemia, houve um “forte fluxo” de fechamento e abertura de negócios chefiados por mulheres, além das reinvenções com grandes ideias que deram certo. Pesquisas da Statista com Ibope e CupomValido destacam que o Brasil é o terceiro país do mundo que mais consome podcasts, com mais de 30 milhões de ouvintes.
Os dados relatam que entre março de 2021 e o no mesmo mês de 2022, mais de 40% de brasileiros ouviram esse tipo de mídia pelo menos uma vez. “Isso é resultado de uma ferramenta benéfica “curinga” que dá um leque de opções ao público expor sua marca e contar a vida profissional desde o início, até chegar no âmbito do sucesso, informando o ouvinte de uma forma viável e com celeridade sobre a marca e qualidade dos serviços do empreendedor. Tanto para quem está contando, como para aqueles que estão recebendo o conteúdo, ou seja, o canal veio agregar qualidade e conhecimento, principalmente para aqueles almejam o grande êxito de seus produtos”, disse Cristhiane.
Já para Tinara Fava da área de Marketing e Publicidade, a ideia do “Podcast” é contar histórias de marcas fortes, poderosas que ganham o coração de seus clientes e se tornam magnéticas, a ponto de serem a primeira opção de compra. Não importa o porte do negócio e sim a experiência de consumo para o cliente, é isso que prevalece na marca mais lembrada, os valores que ela preza. “Um DNA criativo, inovador e em constante crescimento, é isso que buscamos mostrar para os espectadores e ouvintes do Magneticast. “Por trás de todo CNPJ existe um empreendedor que luta muito pelo seu negócio e com muitos relatos para compartilhar”, ressaltou Tinara.
Estudos desenvolvidos pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) aponta que o empreendedorismo feminino no Brasil apresentou sinais de recuperação no último trimestre do ano passado, depois de sofrer retração a partir dos primeiros meses da pandemia. O estudo, realizado com base nos dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnadc), mostrou que após recuar para um total de 8,6 milhões, no segundo trimestre de 2020, o número de mulheres à frente de um negócio no país fechou o quarto trimestre de 2021 em 10,1 milhões, mesmo resultado registrado no último trimestre de 2019, antes do período.
Uma boa parcela desse público de empreendedoras são de Mato Grosso e desempenharam seus negócios através da criatividade e obtiveram grandes resultados. Á exemplo da psicoterapeuta e master coach Gilce Morizzo, que atua há mais de 20 anos na área de Desenvolvimento Humano, além da consultoria Empresarial e Gestão Organizacional. A coach explica que o podcast chegou no momento certo. Unindo o útil ao agradável. Um meio que os profissionais conectam de forma rápida, otimizando sua área de atuação. A empresa que desenvolveu esse canal demostra credibilidade, autoridade e transmite com muito entusiasmo, paixão pelo desenvolvimento de marcas, fazendo história e deixando um legado no empreendedorismo feminino com seu estilo visionário, realizando sonhos e fomentando grandes negócios.
“O empreendimento feminino é um movimento que reúne negócios idealizados e comandados por uma ou mais mulheres. A ideia do podcast idealizado pela Cristhiane e a Tinara demostra que essas grandes profissionais expõem postura focada na determinação, coragem e inovação. E o empreendedorismo feminino vai além dessa definição, ele representa a quebra de paradigmas quanto a capacidade de liderança feminina”, explanou Gilce.
Outra profissional que engajou seus negócios com novas ideias foi a psicóloga infantil Jéssica Bicudo. Com apenas três anos de atuação na área mostrou seu espirito visionário. Tanto que criou sua marca “Infância Consciente”, com o propósito de desenvolver seres humanos integralmente: corpo, mente e espírito.
“Para isso, trabalhamos a abordagem que além de estimular a regulação emocional, também desempenham habilidades virtuosas no “ser”. Trabalhamos tratando doenças mentais, oferecendo uma psicoterapia preventiva, com foco em desenvolvimento pessoal cada vez mais necessária para o profissional do futuro. Ser uma mulher empreendedora é oferecer ao mundo a docilidade e a firmeza, a perspicácia e a proatividade, a resiliência e a força para dar à luz a negócios que geram vida em abundância de sentido. O Magneticast é uma oportunidade incrível de dar voz e a visibilidade a empreendedores que diariamente se esforçam para prosperar um negócio que faz a diferença na vida de muitas pessoas”, disse Jessica.
Canal no YouTube: Magneticast
Instagram : @magneticastoficial
Da Assessoria de Comunicação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *