Criança com punho fraturado recebe atendimento imediato no HMC

Pedro Costa, 6 anos,  recebeu atendimento imediato no Hospital Municipal de Cuiabá e Pronto-Socorro “Dr. Leony Palma de Carvalho” (HMC). Ele sofreu uma fratura no punho, após cair enquanto brincava com uma bola, no quintal de casa, no Parque Atalaia, em Cuiabá. 

O avô de Pedro, Rafael Nascimento, foi quem levou o neto até a unidade. Ele elogiou a rapidez e a qualidade dos serviços prestados no HMC. “Meu neto fez cirurgia e ficou apenas dois dias internado. Ele está muito bem e já se recupera em casa após a alta médica”, informou o avô de Pedro. 

Segundo o diretor-técnico do HMC, Vinícius Gatto, a criança deu entrada na urgência e emergência. “Ele foi medicado e realizou exames, com a necessidade de intervenção cirúrgica ortopédica para o êxito no tratamento”, disse. 

“O paciente foi bem assistido e reagiu bem ao tratamento. As equipes da ortopedia, clínica médica e equipe multidisciplinar deram todo o suporte a criança”, destacou.  

Segundo o avô de Pedro, o neto ficou tranquilo no hospital e descontraiu muito na brinquedoteca do HMC.  “Acho que o tratamento oferecido foi excelente e importante para o estado físico e emocional do meu neto. As enfermeiras e técnicas em enfermagem trataram a gente bem e os médicos foram bem atenciosos”, enfatizou.

“Antes de o meu neto precisar de atendimento no HMC, eu só conhecia o hospital pelas propagandas. Realmente aqui é muito bom. Desde a nossa chegada até a saída, fomos bem atendidos. Acho que o hospital está sendo bem administrado. Está de parabéns”, completou.   

Para Elisângela Dias, pedagoga do Núcleo de Gestão de Qualidade Hospitalar (NGQH), que atua no setor Pediátrico do HMC, o paciente respondeu bem às atividades desenvolvidas. “As tarefas lúdicas com os jogos, leitura, desenho e pintura diminuíram a ansiedade, colaborando com o relaxamento e ajudando na aceitação do tratamento”, ressaltou.

Paulo Rós, diretor-geral da Empresa Cuiabana de Saúde Pública (ECSP), responsável pela administração do HMC, sob a gestão Emanuel Pinheiro, destacou o trabalho humanizado realizado com os pacientes.

“A área da saúde é a mais delicada, que merece total atenção. E essa sensibilidade, a gestão e a direção do HMC têm para com os usuários do SUS, principalmente quando se trata de crianças hospitalizadas, que requerem todo um trabalho diferenciado e lúdico para o benefício completo do tratamento”, concluiu Rós.

por CRISTIANE GUERREIRO

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *