Política

Obras da nova ETA Barra do Pari avançam em VG

As obras para ampliar e melhorar os serviços de abastecimento e distribuição de água em Várzea Grande seguem avançando. A construção da Estação de Tratamento de Água (ETA) Barra do Pari, que está sendo feita na região do Chapéu do Sol, atingiu 20% de conclusão esta semana.

“Já foi feita praticamente toda a terraplanagem e executada a base do reservatório da ETA. Estamos executando as fundações da casa de química e então vamos dar início as fundações da ETA, já temos parte da estrutura metálica da ETA pronta no local”, explicou o engenheiro sanitarista e ambiental da Prefeitura de Várzea Grande, Bruno Leonel Rossi.

A ETA Barra do Pari, na região do Chapéu do Sol, que está sendo construída com recursos do Governo do Estado na ordem de R$ 26 milhões e conta com contrapartida do Município, tem previsão de construção de até 11 meses. Ela está localizada na Passagem da Conceição, ao lado da atual ETA que abastece o Condomínio Florais da Mata e o Loteamento Parque das Águas.

A estrutura conta com um sistema de captação, uma adutora de água bruta, uma estação de água completa com reservatório de 2 milhões de litros, uma adutora de água tratada para abastecer outro reservatório de 2,5 milhões de litros. A previsão é de que a obra seja realizada em duas etapas. Na primeira fase serão contemplados 27 bairros. Já na segunda etapa, serão beneficiados outros quatro bairros da região.

A ETA, depois de pronta, terá capacidade de tratar 250 litros por segundo ou 21,6 milhões de litros por dia, atendendo cerca de 140 mil pessoas de 30 bairros de Várzea Grande na região atualmente atendida pelo Sistema 2, que é abastecida pela ETA localizada na Avenida Júlio Campos, impactando positivamente no abastecimento dos bairros e loteamentos das regiões do Manaíra, Nova Ipê, Nova Esperança, Jacarandá, José Carlos Guimarães, Solaris do Tarumã, Júlio Domingos de Campos, Mapim, São Simão e outros da região da Rodovia Mário Andreazza.

O tratamento da água nessa nova estação será do tipo convencional, composta pelo conjunto dos processos sequenciais de Coagulação, Floculação, Decantação, Filtração, Desinfecção e Fluoretação. Uma novidade dessa nova ETA será o projeto elétrico, que foi concebido para otimização do consumo de energia, sendo equipado com inversores de frequência para acionamento e regulação da vazão de captação.

De acordo com o prefeito de Várzea Grande, Kalil Baracat, a parceria com o Governo de Mato Grosso vai garantir o cumprimento de uma promessa feita aos várzea-grandenses, de resolver o abastecimento e distribuição de água. “O investimento vai atender o maior compromisso nosso de campanha, que é resolver o problema da água durante nossos quatro anos de mandato. Essa ETA vai atender uma região com alto potencial de crescimento”.

O diretor presidente do Departamento de Água e Esgoto (DAE-VG), Carlos Alberto Simões Arruda, salienta que “com essa nova ETA vamos dobrar o volume de água produzido na gestão Kalil Baracat e dar independência hídrica para a região Norte de Várzea Grande, cuja população passa dos 50 mil habitantes, sem considerar os incorporadores e empreendimentos residenciais na região, cujo pedido soma, somente em 2021, 27 litros por segundo”.

ETA Imigrantes – Além da ETA Barra do Pari, a Prefeitura de Várzea Grande também já licitou as obras da nova Estação de Tratamento de Água na região do bairro 7 de Maio, com capacidade de tratamento de 125 litros por segundo, ou 10,8 milhões de litros por dia. A ETA Imigrantes será construída com recursos próprios da Prefeitura, por meio de financiamento da Caixa Econômica. A previsão para construção é de até 08 meses. Ela terá capacidade para atender cerca de 70 mil pessoas que hoje são atendidas pelo Sistema 1, onde atualmente é abastecido pela ETA localizada na Avenida Ulisses Pompeu, impactando positivamente no abastecimento dos bairros e loteamentos das regiões do Primavera, Vitória Régia, Costa Verde e Capão do Pequi.

As duas novas estações, somadas à ETA do Cristo Rei, produzirão juntas 60 milhões de litros de água por dia, ou 1 bilhão e 800 milhões de litros por mês. Água suficiente para atender os moradores de Várzea Grande com mais de 100 litros por dia, volume considerado essencial pela Organização Mundial da Saúde (OMS) para atender as pessoas com água.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *