Aeroporto Marechal Rondon deve receber R$ 350 milhões em investimentos, garante CEO da Centro-Oeste Airports

O Aeroporto Internacional Marechal Rondon vai receber investimentos da ordem de R$ 350 milhões para ser revitalizado, recuperado e melhorado tanto na capacidade de atendimento de passageiros, sejam eles empresários ou turistas, como para aqueles que direta ou indiretamente trabalham para as diversas empresas que atuam dentro da estrutura que é a porta de entrada e saída para Mato Grosso.

O anúncio foi feito por Marco Antônio Migliorini, CEO – Diretor Presidente da COA – Centro-Oeste Airports, que ganhou a concessão dos Aeroportos, Internacional Marechal Rondon, além de Rondonópolis, Sinop e Alta Floresta.

“Várzea Grande e Mato Grosso estão no radar de grandes investidores por causa de suas posições geográficas estratégicas e a oferta de meios de transportes eficientes e por causa do agronegócio e isto nos estimula a investir em uma melhor prestação de serviços aeroportuários”, explicou Marco Antônio Migliorini.

O CEO da COA ponderou que as obras deverão aquecer a economia local e atrair novos investidores interessados no crescimento do Estado e de suas cidades.

As estimativas são de até 1,2 mil vagas de empregos gerados direta e indiretamente com as obras e melhorias do Aeroporto Internacional Marechal Rondon.

O prefeito Kalil Baracat, acompanhado dos secretários, de Governo, Dito Loro; do Desenvolvimento Econômico, Tecnologia e Turismo, Charles Caetano e do Desenvolvimento Urbano, Regularização Fundiária e Habitação, Ricardo Araújo Azevedo, além do secretário-adjunto de Turismo, Dermival Bitencourt, garantiu todo o apoio para a execução das obras que vão acontecer em todos os setores da unidade e também formalizou um pedido para que respeitada a lei e a questão econômica local, essas obras, possam promover a contratação de profissionais locais, bem como as aquisições acontecessem no comércio e na indústria de Várzea Grande.

“É claro que como se trata de um investimento privado, deve-se respeitar questões econômicas e também as exigências da legislação, mas só de movimentar a economia local em R$ 350 milhões, Várzea Grande já vai dar um pulo na geração de emprego e renda e vai ser referência no atendimento de turistas e de empresários”, frisou Kalil Baracat sinalizando que Várzea Grande está sendo preparada para um futuro promissor com obras importantes como o Parque Tecnológico, o Aeroporto Marechal Rondon, a Ferrovia Vicente Vuolo entre muitas outras.

Marco Antônio Migliorini, explicou que as obras do Aeroporto Internacional Marechal Rondon serão executadas em toda sua estrutura, inclusive permitindo que as aeronaves em operação no Brasil possam utilizar o terminal que ganhará uma quinta ponte de embarque e desembarque, além de estacionamento, espaço dedicado ao translado de passageiros e atendimento de demandas lavadas pela Prefeitura de Várzea Grande para atender as agências de turismo, as empresas de transporte rodoviário, taxis ou motoristas de aplicativos.

Além da melhora no atendimento aos passageiros e usuários do Aeroporto Marechal Rondon, também haverá investimentos para o transporte de cargas e uma reurbanização das vias de acesso para contemplar o BRT (Bus Rapid Transit) que é o modal de transporte público de massa escolhido pelo Governo do Estado e os hotéis e locadoras de veículos no entorno da unidade aeroportuária.

“Estamos trabalhando em conjunto com o governador Mauro Mendes e as bancadas federal e estadual de Mato Grosso para que os investimentos públicos e privados atendam as necessidades e demandas do agronegócio que se tornou um grande impulsionador da economia do Estado”, disse Kalil Baracat reafirmando ao Diretor-Presidente da COA, Marco Antônio Migliorini que a Prefeitura de Várzea Grande vai dar apoio e buscar novos parceiros para implementar investimentos que assegurem o crescimento e desenvolvimento da segunda maior cidade de Mato Grosso.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *