Política

Mendes cita retrocesso, ao apontar a possibilidade do Brasil ser governado pela esquerda 

O governador Mauro Mendes (UB), que defende a reeleição do presidente Jair Bolsonaro (PL), disse que o Brasil corre ‘sérios riscos’ de ser governado pela esquerda, com a polarização cada vez mais acirrada entre o candidato de direita e seu adversário, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), se as pesquisas eleitorais derem certo, apontando, hoje, vitória apertada de Lula no dia 30 de outubro.

Ao ainda citar – que caso se torne realidade a vitória de Lula -, o Brasil pode se transformar em uma Argentina ou uma Venezuela. 

“Na América Latina temos muitos exemplos de países que deram essa forte guinada à esquerda e as consequências estão lá. Olha o que aconteceu na Venezuela e na Argentina, são dois claros exemplo, Olha o que tem acontecido na Bolívia ao longo dos anos, vivem atolados em problemas e não conseguem crescer. Claro, a esquerda tem alguns méritos, como todos têm, mas os retrocessos preocupam”, disse Mendes. 

O governador ainda chegou a dizer que Lula já teve a oportunidade de governar o país por oito anos e que agora e a vez de Bolsonaro fazer o mesmo. “Lula já teve a oportunidade de administrar o Brasil por oito anos, agora é a vez da gente deixar Bolsonaro administrar o Brasil por oito anos. Nós vamos trabalhar para isso”, ainda disse Mendes, em conversa com os jornalistas.

Nesta semana Mendes definiu a criação de uma comissão, formada por representantes de vários partidos aliados, voltada a definir estratégias em prol da campanha à reeleição de Bolsonaro em Mato Grosso.

Pelo União Brasil, a comissão será representada pelo ex-senador Cidinho Santos e pelo suplente de senador eleito, Mauro Carvalho.

No primeiro turno, em Mato Grosso, Jair Bolsonaro obteve 59,84% (1.102.866 votos) e Lula 34,39% (633.748 votos). A expectativa de Mendes é com o fortalecimento do grupo, ampliar a votação no Estado.

Luciana Nunes/ O Bom da Notícia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *