Justiça rejeita pedido da Procuradoria e mantém candidatura de Neri Geller

A Justiça Eleitoral manteve a candidatura de Neri Geller (PP) ao Senado. A decisão foi proferida pela juíza Clara da Mota Santos Pimenta Alves, nesta quinta-feira (25), ao rejeitar pedido de impugnação apresentado pela Procuradoria Regional Eleitoral. Com isso, o progressista poderá seguir em campanha, inclusive na propaganda eleitoral.

Ao rejeitar o pedido de impugnação, a juíza destacou que o prosseguimento da campanha de Neri, incluindo a participação na propaganda eleitoral, é assegurado pela legislação. “O candidato pode seguir na sua atividade política e de campanha, conforme permitido pela legislação, inclusive fazendo uso de recursos próprios e privados”.

No despacho, a magistrada também rejeitou o pedido da PRE de bloquear os recursos já repassados ao candidato, uma vez que tal pedido é descabido nesta fase de análise de registro e apreciação em caráter liminar de eventual inelegibilidade.

por

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *