conecte-se conosco



Cuiabá

Servidores da Sema entram em estado de greve permanente

Publicado

em

Em assembléia geral realizada hoje(16) os servidores da Secretaria de Estado do Meio Ambiente (SEMA) aprovaram estado de greve e assembleia permanente por conta dos atrasos no pagamento de salários e do 13º salários de servidores nascidos em novembro e dezembro e resquícios complementares aos demais servidores.

“Essa é uma maneira de nós servidores da Sema mostrarmos nossa indignação frente as medidas tomadas pelo governo e que em qualquer tempo poderemos entrar em greve e realizar paralisações”, explica Germano.

Os servidores pretendem participar de todas as votações na Assembleia Legislativa.

 

Fonte: Roberta Cassia-Assessoria

Cuiabá

Retomada das aulas é autorizada no sistema híbrido

Publicado

em

O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro, anunciou nesta segunda-feira (25) a retomada das atividades escolares na rede pública municipal e privada, em sistema híbrido. A decisão consta no Decreto nº 8.315, que deve circular na edição da Gazeta Municipal de terça-feira (26). Com a publicação, as unidades educacionais devem, obrigatoriamente, apresentar à Prefeitura de Cuiabá um Plano Estratégico de Retomada Segura das Atividades.

O chefe do Executivo municipal explica que, na rede pública, a retomada deve ocorrer a partir do dia 8 de fevereiro, sendo fevereiro e março de forma remota e, em abril, na modalidade híbrida. Já para os estabelecimentos privados, no ensino fundamental e médio, o retorno pode acontecer, remotamente, no dia 1º de fevereiro e a partir de março com a adoção do sistema híbrido.

Tanto a rede pública quanto a privada devem observar o limite de 50% da capacidade total de cada sala de aula, bem como todas as medidas de biossegurança como, por exemplo, distanciamento entre as carteiras, disponibilidade de álcool 70% ou produto semelhante para higienização e uso de máscara, entre outras. Além disso, o aluno só poderá retornar mediante a assinatura, obrigatória, de um termo de autorização, por parte dos pais ou responsáveis.

“Nessa pandemia muitas angústias tem tomado conta da minha vida como gestor da Capital e como pai. Uma delas é a difícil decisão da retomada das aulas presenciais. De um lado, o colapso econômico de um dos setores que mais foi penalizado pela pandemia. Do outro, a necessidade de tomar decisões que resultem em um menor risco possível à população. Mas, é chegado o momento de implantar esse novo normal na rede de educação pública e privada”, comentou o prefeito.

No caso da Educação Infantil (de 0 a 5 anos e 11 meses), especificamente, o decreto autoriza o retorno 100% presencial, desde que seja também respeitada a limitação de 50% da capacidade de cada sala. Para o ensino técnico e profissionalizante e ensino superior, a determinação é de que, de 1º a 28 de fevereiro, as atividades ainda ocorram virtualmente e, a partir de 1º de março, no sistema híbrido.

O prefeito destacou que todas as medidas podem ser revistas, de acordo com o comportamento da pandemia da Covid-19, que segue sendo monitorado pela Prefeitura de Cuiabá. “Qualquer alteração que coloque em risco a saúde e vida das pessoas, especialmente das nossas crianças e profissionais da educação, essas medidas podem ser mudadas. Continuaremos acompanhando de perto e trabalhando para que esse novo normal aconteça com total segurança e responsabilidade”, pontuou Pinheiro.

Da Redação

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana