conecte-se conosco



Cuiabá

Vagas do Sine têm salários de até R$ 2.300 esta semana; confira

Publicado

em

Mais de 70 vagas são oferecidas pelo Sine Municipal nesta semana. Açougueiro, auxiliar de cobrança, montador, padeiro, e vendedor estão entre as oportunidades, que incluem também Pessoas com Deficiência (PCD).

Os salários variam entre R$ 998 e R$ 2.300, incluindo benefícios.

Além do encaminhamento às empresas contratantes, o órgão, vinculado à Secretaria de Agricultura, Trabalho e Desenvolvimento Econômico, também oferece confecção de carteira de trabalho e entrada no seguro desemprego.

O objetivo é estimular o emprego e a renda, seja incentivando a saída da informalidade ou a incursão em nova carreira profissional.

Os interessados devem comparecer aos postos de atendimento do Sine Municipal, localizados na Rodovia Palmiro Paes de Barros, no bairro Coxipó e no Shopping Popular. Não é necessário fazer agendamento prévio.

Para cada um dos serviços oferecidos são distribuídas 50 senhas a partir de 7h. Contudo, se os cidadãos forem atendidos antes do horário de encerramento, às 17h, os servidores continuam recebendo as demandas de quem chegar.

Cuiabá

Retomada das aulas é autorizada no sistema híbrido

Publicado

em

O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro, anunciou nesta segunda-feira (25) a retomada das atividades escolares na rede pública municipal e privada, em sistema híbrido. A decisão consta no Decreto nº 8.315, que deve circular na edição da Gazeta Municipal de terça-feira (26). Com a publicação, as unidades educacionais devem, obrigatoriamente, apresentar à Prefeitura de Cuiabá um Plano Estratégico de Retomada Segura das Atividades.

O chefe do Executivo municipal explica que, na rede pública, a retomada deve ocorrer a partir do dia 8 de fevereiro, sendo fevereiro e março de forma remota e, em abril, na modalidade híbrida. Já para os estabelecimentos privados, no ensino fundamental e médio, o retorno pode acontecer, remotamente, no dia 1º de fevereiro e a partir de março com a adoção do sistema híbrido.

Tanto a rede pública quanto a privada devem observar o limite de 50% da capacidade total de cada sala de aula, bem como todas as medidas de biossegurança como, por exemplo, distanciamento entre as carteiras, disponibilidade de álcool 70% ou produto semelhante para higienização e uso de máscara, entre outras. Além disso, o aluno só poderá retornar mediante a assinatura, obrigatória, de um termo de autorização, por parte dos pais ou responsáveis.

“Nessa pandemia muitas angústias tem tomado conta da minha vida como gestor da Capital e como pai. Uma delas é a difícil decisão da retomada das aulas presenciais. De um lado, o colapso econômico de um dos setores que mais foi penalizado pela pandemia. Do outro, a necessidade de tomar decisões que resultem em um menor risco possível à população. Mas, é chegado o momento de implantar esse novo normal na rede de educação pública e privada”, comentou o prefeito.

No caso da Educação Infantil (de 0 a 5 anos e 11 meses), especificamente, o decreto autoriza o retorno 100% presencial, desde que seja também respeitada a limitação de 50% da capacidade de cada sala. Para o ensino técnico e profissionalizante e ensino superior, a determinação é de que, de 1º a 28 de fevereiro, as atividades ainda ocorram virtualmente e, a partir de 1º de março, no sistema híbrido.

O prefeito destacou que todas as medidas podem ser revistas, de acordo com o comportamento da pandemia da Covid-19, que segue sendo monitorado pela Prefeitura de Cuiabá. “Qualquer alteração que coloque em risco a saúde e vida das pessoas, especialmente das nossas crianças e profissionais da educação, essas medidas podem ser mudadas. Continuaremos acompanhando de perto e trabalhando para que esse novo normal aconteça com total segurança e responsabilidade”, pontuou Pinheiro.

Da Redação

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana