conecte-se conosco



Galeria de Fotos

Sem festa Várzea Grande inicia entrega de obras para comemorar 153 anos de fundação

Publicado

em

 

Com investimentos da ordem de R$ 15.133 milhões e uma agenda restrita de entregas de obras, por causa da pandemia do Coronavírus (COVID 19), a prefeita Lucimar Sacre de Campos iniciou uma série eventos sem participação popular, mas que se demonstram essenciais por serem obras em setores da saúde, da educação, do lazer e de infraestrutura.
A programação acontece desde hoje, 12 de maio até 15 de maio, data em que Várzea Grande completa 153 Anos e Fundação. No próximo dia 23 de setembro deste ano serão comemorados 73 Anos de Emancipação Político-Administrativa.
“Todas as áreas na medida do possível são prioridades em nossa administração e com a Educação não é diferente e temos a certeza que futuramente, a cidade e sua população colherá os frutos desta determinação e empenho”, disse a prefeita Lucimar Sacre de Campos que juntamente com o secretário da pasta, Silvio Fidélis entregaram a comunidade escolar do distrito de Capão Grande as novas instalações da nova Escola Municipal de Educação Básica ‘Júlio Domingos de Campos’, que foi totalmente reconstruída, climatizada, mobiliada e com livros e equipamentos.
A Escola Municipal de Educação Básica Júlio Domingos de Campos tem 45 anos de existência e após 20 anos da última reforma, foi totalmente reconstruída, melhorada e ampliada.
A reforma geral com ampliação da cozinha, refeitório e uma ampla quadra de esporte, além das devidas adequações para acessibilidade gerou aos cofres públicos um investimento de R$ 2,9 milhões beneficiando uma clientela de 351 alunos.
“Essa é uma obra que demonstra que apostamos e acreditamos no futuro das pessoas e que a pandemia vai passar e o modo de vida do brasileiro que é um povo feliz e acolhedor será uma grande conquista retomada”, disse Lucimar Sacre de Campos.
“Devolver a população local uma escola com toda a infraestrutura necessária faz parte de politicas públicas que ao longo dos anos vem sendo aplicada no setor educacional, e que contempla ações que vão desde a reforma e ampliação de escolas, passando para o programa de qualificação do corpo docente, e de ordens de serviços para a construção de outras novas unidades. Essas medidas têm apresentado significativas mudanças na Educação da Rede Pública Municipal”, comemorou a prefeita Lucimar Campos destacando que embora singela, a entrega das obras faz parte da programação alusiva aos 153 anos de Várzea Grande, comemorado no dia 15 de maio.
A prefeita disse que a entrega dessa obra é um marco importante, uma vez que beneficia um dos mais antigos distritos de Várzea Grande, além disso o empreendimento homenageia o seu sogro, Júlio Domingos de Campos, que muito contribuiu para a história e o desenvolvimento da cidade, seja como empresário, como vereador ou como prefeito por dois mandatos.
Outra novidade anunciada pela prefeita Lucimar Campos, foi o de inserir a unidade escolar ao projeto ‘Educação em Tempo Ampliado’ – E.T.A, que completa por meio de atividades lúdicas e práticas disciplinares, os conteúdos abordados no ensino regular.
A diretora da escola, Helena Aparecida da Silva Souza, disse que a reforma da escola superou todas as expectativas. “A cada passo que a obra era executada já ficávamos surpresos, porém o resultado final foi mais do que esperávamos. O ambiente melhorou muito, agora contamos com salas arejadas, todas climatizadas e com material didático para cada série, por isso estamos imensamente agradecidos”.
O secretário de Educação, Cultura, Esporte e Lazer, Silvio Fidélis, disse que todos os investimentos que estão sendo feitos no setor fazem parte do planejamento estratégico para a melhoria do ensino público em Várzea Grande, seja nas unidades localizadas em regiões urbanas ou nas localidades rurais.
Ele lembrou ainda que a grande maioria das escolas da Rede Pública Municipal, não recebia há anos nenhum tipo de reforma e, algumas delas foram encontradas em péssimo estado de conservação. “Aos poucos fomos reformando e adequando as unidades, e devolvendo às famílias dos bairros, dignidade e o direito humano à educação de qualidade.
Já o senador Jayme Campos disse que esta gestão tem cumprido com o seu papel, com investimentos em áreas essenciais, a exemplo da Educação, que tem sido beneficiada em todos os setores. “Totalizamos com a entrega dessa unidade, 95% das obras que foram reformadas em Várzea Grande. A educação deu um salto em qualidade, e isso se deve ao trabalho que esta administração vem fazendo, dando a este setor o valor que realmente merece”.
“Muito estamos fazendo por Várzea Grande porque temos compromisso com a cidade, com Mato Grosso e com o Brasil e a prefeita Lucimar Campos se dedica de forma integral para atender todas as demandas das pessoas e da cidade”, disse o senador, filho do homenageado a quem lembrou como esteio da família Campos e pessoa de honra e de palavra.
O senador lembrou que o Congresso Nacional tem tido uma posição de resguardar a população brasileiro, os Estados e Municípios para que os mesmos possam fazer o enfrentamento ao Coronavírus e que o Brasil e os brasileiros irão superar todas as adversidades por serem abençoados.
A prefeita Lucimar Campos pediu ainda que a comunidade escolar zele pelo bem público e que tenham, neste período de isolamento, um pouco mais de paciência. “Logo o período escolar será retomado e as atividades irão seguir seu curso, porém agora precisamos nos preservar para voltarmos mais fortes do que nunca e alertou que todos precisam ter compromisso com as demais pessoas, se preservarem, utilizarem equipamentos de segurança como máscaras e luvas, manterem distanciamento de 1,5 metros. Somente venceremos o Coronavírus se formos unidos, tivermos respeito pelos outros e cumprirmos as determinações necessárias”.

Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Galeria de Fotos

Obras da Orla da Alameda avançam em ritmo acelerado

Publicado

em

 

“A manutenção dos investimentos públicos e a ampliação de esforços para aplicação de recursos, serão essenciais para retomada da economia e
conservação de empregos”, disse a prefeita Lucimar Sacre de Campos, durante visita técnica às obras de construção e revitalização da Orla da
Alameda Júlio Müller, em Várzea Grande.
A revitalização da Orla tem previsão para ser concluída no segundo semestre deste ano e vai receber o maior investimento em recursos
próprios da atual gestão: R$ 17 milhões.
Apesar da nova rotina imposta pela pandemia do novo coronavírus, as obras do projeto – que vai dar à cidade um novo cartão postal – seguem
em ritmo acelerado e deverão estar com sua primeira fase concluída em setembro, mês em que a cidade celebra 72 anos de emancipação política e
administrativa, 23 de setembro de 1948. “Temos os recursos garantidos, projeto aprovado e licenças outorgadas. Essa obra vai dar a esta região
uma valorização imobiliária sem precedentes, vai se tornar um atrativo para toda a cidade e para quem passa por Várzea Grande. Até a obra
pronta, empregos estarão sendo gerados e muitas famílias terão sua renda assegurada por meio dessa iniciativa”, completou a prefeita Lucimar
Sacre de Campos.
Estima-se que a obra da Orla em Várzea Grande gere entre 1.800 até 3 mil empregos diretos e indiretos, o que é significativo neste momento de
dificuldades e desaceleração econômica.
Considerando as novas normas sanitárias determinadas por autoridades em Saúde Pública, o canteiro de obras está sendo mais otimizado, sem a
necessidade de aglomeração. Técnicos do Município, que acompanharam a prefeita na visita, destacam que os Equipamentos de Proteção Individual
(EPIs) têm sido utilizados de forma correta. “O setor da construção civil e construção pesada tem como praxe o cuidado adicional com a saúde. Algumas adaptações em relação ao distanciamento foram aplicadas, orientações reforçadas, e assim, o trabalho pôde seguir, sem paralisações”, explica o assessor de gestão da Secretaria Municipal de Assuntos Estratégicos de Várzea Grande, Enodes Soares Ferreira.
Na vistoria, a prefeita e sua equipe constaram in loco os avanços dos trabalhos.

O acesso, Avenida Júlio Müller acaba ficando prejudicado por causa das obras. Nesse momento, as obras estão focadas no muro de gabião, intervenção necessária para conter a erosão da margem do rio Cuiabá, que faz limite com a via. Esse tipo de edificação, o muro de gabião, é produzido com malha de fios de aço doce recozido e galvanizado, em dupla torção, amarradas nas extremidades e vértices por fios de diâmetro maior. São preenchidos com seixos ou pedras britadas.
Essa parte do trabalho é tida como ‘pesada’ e emprega muito maquinário, o que contribui para aplicação das normas de higienização e de distanciamento entre os trabalhadores. Para esta etapa foi necessária ainda o bloqueio total da avenida, ação que se seguirá até setembro.
“Nossa intenção é entregar o projeto o mais rápido possível para o várzea-grandense. No entanto, não abrimos mão da qualidade e da
segurança dos trabalhadores, técnicos e engenheiros que passam e passarão pela obra”.
FASE ATUAL – A Avenida Júlio Müller estará sob interdição total no trecho entre a Avenida da FEB, ponte Júlio Müller até o acesso à rua
Sebastião dos Anjos. Nos primeiros meses das obras, a pista estava liberada em meia faixa, permitindo acesso no sentido FEB ao bairro, mas
desde a primeira quinzena desse mês ficou bloqueada.
As orientações repassadas pela Guarda Municipal, pelos técnicos responsáveis e por agentes da secretaria de Mobilidade Urbana, para quem
trafegar pelo local são as seguintes: veículos de passeio e comerciais leves podem optar pela rua Vereador Abelardo e em seguida entrar na rua
Sebastião dos Anjos para acessar a ponte Sérgio Motta e outros trechos da Avenida Júlio Müller. A Travessa Independência, paralela a Avenida
Júlio Müller, não está obstruída e dá acesso à Avenida da FEB, tanto para quem vai para Cuiabá, como também, precisa retornar para o Centro
de Várzea Grande.
Quem vier pela ponte Sérgio Motta sentido ponte Júlio Müller, vai transitar pela Avenida Júlio Müller até chegar à rua Sebastião dos Anjos, que passa a ser desvio obrigatório.
Já os veículos pesados e de carga o trajeto indicado é seguir pela Avenida da FEB, em Várzea  Grande, em direção à Avenida Beira Rio, em Cuiabá e então retornar pela ponte Sérgio Motta e assim, acessar novamente a Avenida Júlio Müller. Essa orientação é necessária porque a
rua Sebastião dos Anjos, que corta os bairros Alameda e Construmat, possui muita movimentação de pedestres, ciclistas e carros de passeio.
A OBRA – “O projeto finalizado será o mais novo cartão postal da cidade.
O empenho na transformação do local tem dois grandes objetivos: resolver a erosão, um problema ambiental que a região enfrenta e que já vem
tomando conta de uma extensão considerável da margem várzea-grandense do rio Cuiabá. Por outro lado, o poder público municipal cria mais um
espaço de convivência e de referência para as famílias, na principal porta de entrada à cidade, via ponte Júlio Müller, que liga Várzea Grande ao tradicional e histórico bairro do Porto, em Cuiabá”, pontuou a prefeita.
Conforme o projeto, serão reurbanizados, revitalizados e recuperados 700 metros de extensão às margens do rio Cuiabá. O projeto da ‘Orla da Alameda Júlio Müller’ tem início na Avenida da FEB, junto à ponte Júlio Müller e se estende até a rua Sebastião dos Anjos, uma das principais
vias do bairro Alameda.
O complexo abrigará lanchonetes, pergolados, escadas, rampas de acesso, parque infantil, pista de caminhada, mirante, centro cultural,
auditórios, sanitários, bancos e calçadões por toda sua extensão.

O projeto arquitetônico sustentável está distribuído em dois níveis, um mais próximo ao rio e outro no nível da rua, com espaços voltados à contemplação do rio e da natureza ao redor.

Fonte: Secom-VG

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana