conecte-se conosco


Cultura

Virginia Mendes será homenageada em Mostra da Academia Mato-grossense de Letras

Publicado

em

O Governo do Estado de Mato Grosso, por meio da articulação da primeira-dama Virginia Mendes, será parceiro da Academia Mato-grossense de Letras na realização da Mostra Cultural 300 Mulheres: Letras História e Equidade, que será promovida no dia 14 de março, às 18h, na sede da AML.

Virginia Mendes será uma das homenageadas pelo seu papel mobilizador e pelas relevantes ações sociais já desenvolvidas pela capital mato-grossense, como empresária, economista e agora pela sua disposição de trabalhar a favor do desenvolvimento social de Mato Grosso, mesmo sem ocupar cargo público.

O convite foi feito nesta sexta-feira (08.02) pela juíza de Direito, Dra Amini Haddad e pela representante da Academia Mato-grossense de Letras, Rita Castro, representando o presidente da instituição literária, Sebastião Carlos Gomes de Carvalho.

“Buscamos na representatividade destas 300 mulheres homenagear figuras femininas do passado e do presente, nos mais diversos segmentos e áreas de atuação que, para além de seus projetos individuais, auxiliaram, ou ainda contribuem, para o desenvolvimento da nossa capital. A representatividade da primeira-dama Virginia Mandes se dá tanto pela sua trajetória de vida de superação como seus serviços prestados na área social”, destacou a juíza Amini Hadadd, que está à frente da organização do evento.

A secretária da Setas, Rosamaria Ferreira de Carvalho, também participou da reunião, que discutiu ainda outras ações que poderão ser desenvolvidas ao logo de 2019.

Durante a Mostra 300 Mulheres também serão exibidas obras artísticas, peças de artesanato, além de proclamação de poesias e mostras de livros e pesquisas elaboradas por estudiosas da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), entre outras atrações artísticas.

A escolha das 300 mulheres remete aos três séculos de história da capital, em homenagem ao aniversário da cidade comemorado no próximo dia 08 de abril.

“Sou grata pelo convite e pela menção honrosa ao trabalho que fizemos com tanto carinho pela capital e que hoje buscamos expandir para os 141 municípios mato-grossenses, com as ações que serão desenvolvidas nos próximos quatro anos pela Secretaria de Estado de Trabalho e Assistência Social e outras demais secretarias com o foco na melhoria da qualidade de vida da população”, destacou a primeira-dama de Mato Grosso.

O apoio do Governo do Estado para mostra cultural da AML deverá ser viabilizado tanto na parte infraestrutura para realização do evento, como na indicação de manifestações artísticas para o evento, com o envolvimento da Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel).

“Não tenho dúvidas de que essa será a primeira de muitas parcerias com ela e com o Governo do Estado, em ações de interesse público”, finalizou Amini Haddad.

Cultura

Mãe Bonifácia, Zé Bolo Flô e Massairo Okamura voltam a fechar às 18h

Publicado

em

Os Parques Estaduais Mãe Bonifácia, Zé Bolo Flô e Massairo Okamura, em Cuiabá, voltam a encerrar suas atividades às 18h devido ao fim do horário de verão. A alteração no horário de funcionamento nas unidades de conservação urbana é realizada todos os anos em respeito aos hábitos noturnos da fauna local. Dessa forma, as visitas aos três parques serão realizadas das 6h às 18h já a partir do próximo domingo.

Considerado o coração verde de Cuiabá, o Parque Estadual Mãe Bonifácia é um dos mais visitados. Para o gerente do Parque, Celso Benedito Pinheiro, é importante que os frequentadores já se organizem para a mudança que acontece neste final de semana. As alterações nos horários acontecem todos os anos seguindo o calendário do horário de verão e busca o equilíbrio entre a visitação e o respeito à natureza.

Proteção integral

As unidades de conservação Mãe Bonifácia, Zé Bolo Flô e Massairo Okamura são do tipo proteção integral. Nesses locais é permitido apenas o uso indireto dos recursos naturais; ou seja, aquele que não envolve consumo, coleta ou danos aos recursos naturais. Entre os usos indiretos dos recursos naturais podemos ter a recreação em contato com a natureza, turismo ecológico, pesquisa científica, educação e interpretação ambiental, entre outras.

Nesse sentido, uma série de regras precisam ser seguidas para que as unidades continuem cumprindo o seu papel biológico e social, entre elas, está a restrição quanto aos animais domésticos, por oferecerem risco à fauna local. Outro ponto importante: os animais não devem ser alimentados. Isso vale para os macacos, por exemplo, que não podem ingerir alimentos destinados a humanos. Também não é permitido o uso de skate, patins ou bicicletas no interior das unidades

Com relação às famílias com crianças, a Sema orienta para que supervisionem seus filhos, pois o espaço dos parques oferece diversos riscos, como galhos secos e pontiagudos, pedras, buracos, animais silvestres e outras situações que podem levar a quedas e ferimentos. Isso vale para as trilhas, parquinho e banheiros.

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana