conecte-se conosco


Cidades

Um novo tempo para a saúde dos cuiabanos

Publicado

em

Emanuel Pinheiro – prefeito de Cuiabá

Gustavo Duarte

Clique para ampliar

Estamos virando uma página da nossa história em Cuiabá, estamos levando a saúde pública para um outro patamar na nossa Capital. A inauguração do novo Pronto Socorro é só o começo das mudanças que estão por vir. Estamos trabalhando diuturnamente para inaugurarmos a nova unidade. Mas apenas a obra física não é suficiente, temos que inovar em tudo! Isso inclui a gestão do hospital.

Há décadas sofremos acompanhando, dia após dia, a nossa população nos corredores do Pronto Socorro, em condições que não dão orgulho para nenhum gestor, em especial para mim que tenho como meta humanizar os serviços públicos na nossa amada Capital. Quero que todos tenham a qualidade dos serviços voltados para o respeito com o cidadão.

Por isso, encaminhei a apreciação dos dedicados membros do Conselho Municipal de Saúde a proposta do modelo de gestão que dá certo em Cuiabá: a gestão do Hospital São Benedito.

O São Benedito é um case de sucesso, ele é referência de atendimento pelo SUS. Na última pesquisa realizada sobre o hospital, a taxa de satisfação do usuário alcançou 99%, dentro da classificação bom e ótimo. A excelência de prestação de serviço público de saúde que o São Benedito oferece, humanizado, eficiente, digno, respeitando o cidadão é o motivo desse alto índice de satisfação.

Quero obter a mesma qualidade no novo Hospital Pronto Socorro Municipal de Cuiabá. Por isso propus que a Empresa Cuiabana de Saúde, responsável pela gestão do São Benedito, seja também a responsável em gerir o novo Pronto Socorro. Importante ressaltar que minha decisão está no fato da Empresa Cuiabana de Saúde ser uma empresa 100% pública; pertencente à Prefeitura Municipal de Cuiabá e com um histórico de excelência na gestão pública.

Com a Empresa Cuiabana de Saúde gerindo o novo Pronto Socorro teremos uma série de vantagens, dentre elas a agilidade na tomada de decisões e realização de atos administrativos. Por ser uma empresa pública, ela não está presa ao “retrocesso prejudicial” de burocracia da administração direta, avançando, portanto, a eficiência nos seus processos e eficácia nos seus propósitos. Tenho certeza que essa iniciativa vai garantir um sucesso muito maior na referência e excelência dos serviços prestados pela empresa pública de saúde.

 

Estamos realizando um sonho da população cuiabana entregando o novo Pronto Socorro e temos que aproveitar o momento para virar a página da história da saúde pública na Capital, oferecendo respeito ao usuário, humanização, excelência e eficiência dos serviços públicos prestados. Se eu não fizer isso, vou apenas mudar o problema de endereço. Nas mãos da Empresa Cuiabana de Saúde tenho certeza que conseguiremos oferecer a mesma qualidade, porque é assim que pretendo administrar: inovando e garantindo mais qualidade de vida para a nossa população.

 

Quero pedir o apoio de toda sociedade, da classe política, aliados ou não, para que juntos possamos melhorar a saúde de Cuiabá. É hora de darmos as mãos e trabalharmos com muita determinação, amor e sensibilidade para construir a capital dos nossos sonhos.

Comentários Facebook

Cidades

Morre no hospital em Cuiabá jovem que ficou gravemente ferido em incêndio a residência

Publicado

em

Caio Vinícius Anadão Barbosa, de 16 anos, morreu no Pronto-Socorro de Cuiabá, ontem, por volta das 23h. O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) para exames de necropsia antes de ser liberado para os procedimentos fúnebres. Ainda não há informações do local do sepultamento.

Barbosa foi transferido do hospital municipal de Colniza para Cuiabá após ter mais de 90% da superfície corpórea queimada em um incêndio na residência onde morava com a família, no último sábado de madrugada.

De acordo com informações da Polícia Militar, Caio Vinícius foi encontrado por vizinhos pedindo socorro dentro do imóvel em chamas. Ele foi retirado e socorrido em estado grave pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) do município.

A versão investigada e apontada por uma testemunha é que a casa foi incendiada por um homem. Ele foi visto pulando o muro do imóvel pouco tempo depois das chamas atingirem as paredes. Estava sem camisa e foi identificada uma tatuagem nas costas dele.

A motivação do possível incêndio criminoso que terminou com a morte de Barbosa será investigada pela Polícia Civil. Até o momento, ninguém foi preso.

 

Só Notícias

Comentários Facebook
Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana