conecte-se conosco


Cuiabá

Trincheira Jurumirim será parcialmente interditada nesta quarta e quinta-feira

Publicado

em

A parte interna da Trincheira Jurumirim, localizada Avenida Miguel Sutil, será parcialmente interditada entre os dias 11 e 12 de setembro para realização de levantamento técnico dos problemas existentes no pavimento ao longo da estrutura. Segundo a equipe de engenharia da Secretaria Adjunta de Obras Especiais, da Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra), o serviço integra as ações iniciais que culminarão na retomada da obra e sua conclusão.

Os motoristas que costumam transitar pela região devem evitar o trajeto durante esta quarta (11.09) e quinta-feira (12.09). A Secretaria de Mobilidade Urbana de Cuiabá (Semob) dará apoio no controle do tráfego no local.

O superintendente de Obras Especiais da Sinfra, Edson Brasil, explicou que no decorrer dos próximos dois dias serão realizados os chamados ensaios, no quais são investigados e especificados a qualidade e os diversos tipos de materiais utilizados na construção da estrutura. Uma espécie de memorial da obra.

Segundo ele, nessa fase dos trabalhos estarão concentrados os ensaios de pavimento, que ocorrerão dos dois lados da pista. O inventário referente às paredes de contenção do complexo já foi realizado anteriormente, identificando problemas como infiltração, por exemplo.

“A partir do ensaio será elaborado um projeto para restauração dos pontos mais críticos na parte interna da trincheira. E posteriormente, faremos a licitação da empresa para finalizar a obra”, esclareceu ele.

A construção da Trincheira Jurumirim foi paralisada em 2014, com 97,84% de execução, e faz parte do pacote de obras idealizado para Copa do Mundo daquele ano. O contrato original de execução está judicializado.

“Essa é uma obra do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte (Dnit) e precisamos termina-la para fazer a entrega a eles”, finalizou.

 

Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Cuiabá

Chuva chega a Cuiabá no fim de semana

Publicado

em

Áreas de instabilidade continuam se formando sobre o Mato Grosso causam mais pancadas de chuva. As condições para chuva aumentam sobre  Goiás neste final de semana e as pancadas de chuva podem ocorrer inclusive sobre Goiânia, que completou 125 dias sem chuva significativa. Um sistema de alta pressão atmosférica avança sobre o Mato Grosso do Sul diminuindo a chuva no estado.

Final de semana com chuva em Goiás

Praticamente todo o estado do Mato Grosso, incluindo Cuiabá, o centro-sul de Goiás, incluindo Goiânia, e o norte do Mato Grosso do Sul têm previsão de sol e pancadas de chuva de moderada a forte intensidade entre a tarde e à noite neste final de semana. Não deve chover no Pantanal de Mato Grosso.

A previsão para as demais áreas de Mato Grosso do Sul, incluindo Campo Grande, é de sol o dia todo, algumas nuvens, mas sem chuva. A região de Ponta Porã e de Corumbá deve amanhecer com  muitas nuvens, mas que vão diminuir e à tarde o sol vai predominar.

O norte de Goiás e o Distrito Federal continuam com sol forte, muito quentes e com ar muito seco. O calor pode passar dos 40°C no norte goiano.

Calor e baixa umidade do ar em Brasília

No centro-norte de Goiás e no Distrito Federal a umidade no ar vai chegar em níveis entre 13% e 20% nas horas mais quentes do dia. Para não prejudicar a saúde humana a umidade no ar deve ficar acima dos 60%, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS). 

sol fica forte e faz muito calor, com temperatura que pode passar dos 40°C no norte goiano.

Brasília pode ter novo recorde de calor no fim de semana.

Chuva em Goiânia depois de muitos dias secos

Depois de 125 dias secos, deve voltar a chover em Goiânia neste sábado21 de setembro. O último registro de chuva significativa na capital foi de 10mm acumulados no dia 18 de maio de 2019, segundo dados do Instituto Nacional de Meteorologia (INMET).

 

Foto de Gean Carlos, Castanheira (MT)

Tendência para a próxima semana

Na próxima segunda-feira, 23 de setembro, primeiro dia da primavera, uma massa de ar seco vai voltar a influência a Região e as áreas de instabilidade devem diminuir.  condições para pancadas de chuva a partir da tarde por quase todo o Mato Grosso, exceto no leste do estado, e no noroeste do Mato Grosso do Sul. Para as demais áreas, a previsão é de sol.

A chuva se espalha por muitas áreas do Centro-Oeste a partir da terça-feira, mas a chance de chuva na região de Brasília é baixa.

Confira como será a primavera 2019 na Região Centro-Oeste

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana