conecte-se conosco


Esportes

Técnico do Dom Bosco exalta empate com o Cuiabá em amistoso

Publicado

em

Com um elenco formado somente por jogadores que atuam em Cuiabá e Várzea Grande, o técnico do Dom Bosco, Hugo Alcântara, comemorou o resultado do primeiro jogo-treino em sua preparação para o Campeonato Mato-grossense deste ano.

Com menos uma semana de treinos, o Azulão da Colina Iluminada arrancou empate sem gols com nada menos do que do Cuiabá, atual campeão mato-grossense e mais novo integrante da Série B do Campeonato Brasileiro deste ano. A movimentação ocorreu na última de quinta-feira, no Centro de Treinamento do Dourado.

Para Hugo, não foi a igualdade com um dos favoritos ao título do Estadual que o deixa entusiasmado. Mas a movimentação e postura que o time teve no jogo-treino.

“Meu time se comportou bem dentro de campo. Marcou bem o Cuiabá, não deixou o adversário jogar. Soubemos nos portar muito bem quando não tínhamos a posse de bola. Para este primeiro momento, está de bom tamanho”, disse o treinador.

Apostando muito na política do ‘bom e barato’, com os pés no chão, o técnico dombosquino ressalta que na semana da estreia diante do Operário Futebol Clube intensificará um pouco mais os treinamentos.

Ele descartou qualquer outra movimentação amistosa antes da bola rolar de forma oficial. “Só vamos realizar treinos tático, técnico, fundamentos”, complementou.

Mesmo contando com vários jogadores que conciliam futebol profissional com amador, Hugo comemora o fato de ter conseguido reforçar o elenco com atletas experientes. Ele cita o fato do meia Jackson, ex-Operário e o zagueiro Marinho, ex-Cacerense e Sinop, contratados para o Estadual.

 

Fonte: Só Notícias

Esportes

FMF consulta empresa especializada sobre as condições do gramado da Arena Pantanal

Publicado

em

A Federação Matogrossense de Futebol consultou a World Sports, empresa que construiu o gramado da Arena Pantanal, sobre as atuais condições do gramado para o recebimento de eventos culturais. Com perspectiva da realização do Cuiabá 300, shows em comemoração aos 300 anos de Cuiabá entre os dias 06 e 08 de abril, a empresa apontou, que caso aconteça os shows, serão necessários no mínimo 30 dias para a recuperação do gramado da Arena Pantanal.

A empresa ainda relata que corre o risco de intervenções necessárias que necessitem até a troca parcial do gramado, dependendo da mobilização e desmobilização das estruturas do evento que contará com o fechamento parcial do gramado entre 7 a 10 dias.

Com o prazo de 30 dias para a recuperação da única praça esportiva de Cuiabá, a reta final do Campeonato Mato-grossense e o início do Campeonato Brasileiro da Série B seriam comprometidos podendo os times do Mixto, Operário Várzeagrandense, Dom Bosco e Cuiabá serem obrigados a jogar o restante da competição em outras cidades. Já pelo Brasileiro da Série B, o Cuiabá poderia não ter o aval da CBF para estrear dentro de casa na revanche contra o Operário-PR.

Além dos danos, a empresa especializada em gramados, que realiza a manutenção nos estádios da Arena Corinthians, Allianz Park, Arena de Dunas, Arena do Grêmio e Beira Rio, não recomenda que o gramado em Cuiabá receba shows, pois mesmo com o uso de piso especial protetor que poderá minimizar o problema com pisoteio, existe programado a instalação de palco no centro do campo e não existe proteção que consiga proteger o gramado.

A FMF, que mantém o cultivo do gramado da Arena Pantanal nos últimos cinco anos, ressalta mais uma vez a sua posição contraria a realização de eventos culturais dentro do gramado da arena e destaca os danos irreparáveis para o nosso futebol, ainda mais neste momento de crescimento do esporte mais popular do Brasil em Mato Grosso.

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana