conecte-se conosco


Várzea Grande

TCE recomenda que prefeita de Várzea Grande observe normas de contabilidade

Publicado

em

O Pleno do Tribunal de Contas de Mato Grosso analisou a Representação de Natureza Interna movida em desfavor da prefeita de Várzea Grande, Lucimar Sacre de Campos em razão de registros contábeis incorretos sobre fatos relevantes no Sistema Aplic, referentes ao valor de R$ 39.650,00, entre os Restos a Pagar Cancelados demonstrados no Balanço Geral e a Execução dos Restos a Pagar. O relator do processo, conselheiro interino Luiz Henrique Lima, apresentou seu voto na sessão ordinária do dia 04/12.

A Representação Interna foi julgada parcialmente procedente já que a análise dos auditores, Ministério Público de Contas e do relator, a irregularidade foi descaracterizada, já que foi demonstrado que o cancelamento dos Restos a Pagar foi realizado com base em decreto do Poder Executivo nº 62, de 25/10/2016 .

O relator do processo (n º 129844/2017), Luiz Henrique Lima recomendou à atual gestão para que observe as normas de contabilidade no setor público e aperfeiçoe os mecanismos administrativos do setor de contabilidade.

 

Redação

Várzea Grande

Polícia prende suspeito de esfaquear vítima e largar ao lado de Pronto Socorro de VG

Publicado

em

A Polícia Judiciária Civil esclareceu a autoria de um homicídio ocorrido no dia 31 de março de 2019, em Várzea Grande. A vítima Otaniel Monteiro dos Santos, 38 anos, foi deixada com perfurações de arma branca, em uma lanchonete ao lado do Pronto Socorro do município, local onde foi à óbito na noite do mesmo dia.

O suspeito foi identificado pelo nome de Willian dos Santos Castro, 37 anos, Ele teve a prisão temporária (30 dias) representada nas investigações da Delegacia Especializada de Homicídio e Proteção a Pessoa (DHPP) e cumprida na quinta-feira (18), na zona rural do município de Poconé, onde também responde por outro homicídio, em que uma pessoa morreu enforcada.

Testemunhas ouvidas no inquérito policial contaram que a vítima foi largada por desconhecidos na porta do estabelecimento, com muito sangramento. Quatro populares carregaram a vítima em um carrinho de mão, emprestado de uma obra vizinha, até o PSM-VG.

Na investigação, os policiais apuraram que a vítima foi deixada no local (lanchonete) por uma motocicleta, que após largá-la sangrando na calçada tomou rumo ignorado. Outras testemunhas também viram a vítima sendo largada no local e informaram que ela estava na garupa da motocicleta, muito debilitada e sem capacete, que logo saiu em alta velocidade, impossibilitando anotar a placa.

Foi apurado que o suspeito, Willian, residia com a vítima em uma das quitinetes no bairro Jardim Icaraí, em Várzea Grande.

Conforme o delegado Caio Fernando Álvares de Albuquerque, o homicídio foi praticado por motivo fútil e recurso que impossibilitou a defesa da vítima. “Demonstra haver indícios suficiente de autoria em face do suspeito. Era pessoa conhecida por todos que se encontravam no local”, disse.

O delegado acrescentou que a prisão temporária será representada pela conversão em prisão preventiva, por o suspeito ser réu confesso e reconhecido por testemunhas como autor das facadas.

Fonte: Assessoria |PJC-MT

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana