conecte-se conosco


Polícia

Suspeito de furto de gado é preso em posse de arma de fogo

Publicado

em

Um homem suspeito de envolvimento com furto de gado na região de Cotriguaçu (960 km a Noroeste) foi preso em flagrante pela Polícia Civil, na quinta-feira (16.05), pelo crime de posse ilegal de arma de fogo. O suspeito, P.C.E.B., 33, ocultava no quintal da casa vizinha, uma pistola 765, apreendida pela Polícia.

O suspeito e um comparsa foram detidos na quarta-feira (15), em ação realizada pela Polícia Militar para apurar um furto de gado. Na ocasião, por não estar em situação de flagrante (uma vez que o referido furto ocorreu há cerca de 15 dias), ele foi ouvido e liberado.

No dia seguinte, os investigadores da Delegacia de Cotriguaçu receberam uma denúncia de que os detidos pelo furto de gado possuíam armas de fogo. Diante da informação, os policiais saíram em diligências conseguindo encontrar e realizar a abordagem dos denunciados.

Questionado, P.C.E.B. confessou que tinha uma pistola 765, escondida no quintal vizinho da sua casa, a qual entregou aos policiais. Diante da situação, o suspeito foi conduzido a Delegacia de Cotriguaçu, onde após ser interrogado pelo delegado Marco Bortolotto Remuzzi, foi autuado em flagrante por posse ilegal de arma de fogo.

O delegado arbitrou fiança no valor de 08 salários mínimos, e após o recolhimento do valor, o suspeito responderá pelo crime em liberdade. As investigações relacionadas ao furto de gado continuam para recuperação de outros animais furtados na região.

 

Fonte: Assessoria

Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Polícia

Operação apreende 1,5 milhão de carteiras de cigarros contrabandeadas

Publicado

em

Agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF), da Polícia Federal (PF) e soldados do Exército estouraram na madrugada deste domingo (18) um depósito de cigarros contrabandeados do Paraguai, no município de Francisco Alves, região noroeste do Paraná.

No local, foram apreendidos cerca de 1,5 milhão de carteiras de cigarro, cujo valor de mercado corresponde a cerca de R$ 7,5 milhões. Segundo a assessoria da PRF, esta é uma das maiores apreensões de cigarro realizadas nos últimos anos no Paraná.

O material apreendido foi encontrado em um acampamento escondido em meio à vegetação, próximo ao Rio Piquiri. No local, havia uma estrutura de apoio formada por alojamento, espaço para estocar mantimentos e roupas, além de uma pequena horta.

Um rapaz de 21 anos de idade foi preso em flagrante e um adolescente de 15 anos, apreendido. De acordo com a PRF, os dois declararam ter sido contratados para descarregar embarcações e carregar veículos, além de vigiar a carga ilícita.

Do total de 1,5 milhão de carteiras apreendidas, 500 mil estavam no semirreboque de um caminhão frigorífico, que também foi apreendido. O restante ainda estava depositado no próprio acampamento.

O crime de contrabando prevê uma pena de dois a cinco anos de prisão. A ocorrência foi encaminhada para a Delegacia da Polícia Federal em Guaíra. O adolescente foi encaminhado para a Delegacia da Polícia Civil, no mesmo município.

A ocorrência desta madrugada faz parte da Operação Hórus, coordenada pela Secretaria de Operações Integradas do Ministério da Justiça e Segurança Pública. A operação, que reúne diversos órgãos de segurança pública, tem como objetivo impedir a entrada de drogas, cigarros, armas e munições pelas fronteiras do país.

* Com informações do portal de notícias da PRF

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana