conecte-se conosco



Cuiabá

Sintep/MT aponta cenário de greve na rede estadual a partir do dia 20

Publicado

em

A suposta crise econômica do estado e as leis de controle do gastos deram a tônica do discurso apresentado pelo governo do estado durante audiência nesta terça-feira (13.05), com o Sindicato dos Trabalhadores no Ensino Público de Mato Grosso (Sintep/MT). A ausência de proposta e argumentos sustentáveis para garantir o cumprimento do percentual da Lei 501/2013, apontam para a iminência da greve geral por tempo indeterminado, na rede estadual, a partir de 20 de maio.

A reunião conduzida pelo secretário de Estado de Planejamento e Gestão, Basílio Bezerra Guimarães, e a secretária de Estado de Educação, Mariaoneide Kliemaschewsk, tentou justificar um possível calote no cumprimento da Lei 510/2013 dos profissionais da educação, no mês da data base.  O que foi rechaçado pelos dirigentes.

O presidente do Sintep/MT, Valdeir Pereira, alertou que categoria estará em Assembleia Geral, com indicativo de greve, no próximo dia 20 e o governo deverá minimamente apresentar um documento formalizando a resposta às pautas. “O cumprimento do repasse da Lei 510/2013 para 2019 deve estar assegurado no salário de Maio. Caso contrário os profissionais não aceitarão ser penalizados”, advertiu Valdeir.

Segundo argumentaram os dirigentes, os recursos da educação são suficiente para o pagamento dos 7,69% da Lei 510/2013, bastando que o governo cumpra  o artigo 245 , no seu parágrafo 3º, que resguarda os recursos  da Educação nos casos de anistia ou incetivos fiscais.

O estado registra crescimento na arrecadação superando a previsão da Lei Orçamentária Anual (LOA), feita em janeiro, destacou o secretário de Finanças do Sintep/MT, Orlando Francisco. “O argumento de crise não convence, falta prioridade nos investimentos”, argumentou.

Demais pontos

A reunião possibilitou ainda a cobrança sobre pontos da pauta que trataram da convocação do Concurso Público, falta de infraestrutura das escolas, pagamento de 1/3 de férias para os contratados e Licenças Prêmio e Qualificação.

Concurso Público – Em cumprimento a cobrança do Ministério Público a Seduc-MT conclui o levantamento de demanda de vagas livres para realizar a convocação do cadastro de reserva dos homologados ainda este ano, para o ingresso no ano letivo de 2020.

Infraestrutura das escolas – A Seduc-MT dispõe de R$ 35 milhões conseguidos da Assembleia Legislativa para obras em escolas. São cerca de 470 unidades, das quais 40 escolas na capital estão dentro de um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) com o MPE e Tribunal de Contas, para serem viabilizadas nos próximos 4 anos. As demais o Sintep/MT exige um cronograma de reformas.

1/3 de férias para os contratados – O governo informou que fará o pagamento das férias de 2019

Licenças Prêmio e para Qualificação – Em cumprimento ao decreto nº 90 de 16 de abril de 2019, a Seduc já autorizou e fez o encaminhou para publicação

Assessoria/Sintep-MT

Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Cuiabá

Multidão de fieis participam da tradicional Festa de Nossa Senhora Auxiliadora, em Cuiabá

Publicado

em

Orações, emoção, louvor e muita alegria marcaram a Festa de Nossa Senhora Auxiliadora, neste sábado (25), em Cuiabá. Crianças, jovens, adultos e idosos participaram da tradicional programação, com destaque para a Procissão Luminosa, que percorreu às ruas da capital, numa demonstração de gratidão, fé e devoção.

Dona Cacilda da Silva Leite, de 63 anos, conta que a celebração é tradicional na família. Desde muito pequena ela participa das homenagens a Nossa Senhora Auxiliadora. Pra ela, é uma oportunidade de agradecer. “Desde três anos de idade participo. É muito tradicional na minha família, sempre ouvia que era o mês de maio, de Maria, da Mãe, da Mulher e das Flores. É momento de louvar, agradecer e pedir força e firmeza pra mais um ano”, disse ela que também participa de um grupo de oração da igreja.

Padre Paulo Vendrame, responsável pela igreja, celebrou a missa de abertura e a caminhada da procissão. Ele lembrou que além dos 107 anos do Santuário, 2019 também traz outros marcos como os 300 anos de Cuiabá, 100 anos da coroa de Nossa Senhora Auxiliadora e 125 anos dos salesianos na capital mato-grossense.

É a 9ª vez que o padre Paulo participa das homenagens de Nossa Senhora Auxiliadora. Ele observa que a cada ano as expectativas são superadas. Para ele, todos os anos a festa tem sido melhor organizada, diversificada e com mais participação.

“Posso afirmar que a cada ano que passa, a festa está crescendo. E a característica desse ano foi que os festeiros assumiram com muita responsabilidade a própria missão. O comprometimento do Rei e da Rainha foi muito bom, superou as expectativas. A alegria dos fieis em participar da missa, da procissão e permanecer nos shows, que este ano tiveram três diferentes. Nada nasce grande, tudo nasce pequeno e a cada ano a festa está se superando. É nós vamos realizando aquilo que Dom Bosco dizia “Celebrar Nossa Senhora é antecipar as alegrias do céu”. Todo mundo que vem aqui, vem feliz e sai mais feliz, porque pode participar de todas as atividades e se enriquecer espiritualmente. É um momento de agradecer, louvar, colocar nas mãos da mãe aquilo que a gente vê que não dá conta de realizar, que ela dá conta e ela realiza”, disse o padre.

Para Rainha da festa, Thaíz Rezende Santos, ver o sucesso de todo trabalho é motivo de comemoração e felicidade. “Estamos muito felizes. Não poderíamos deixar de celebrar porque Nossa Senhora merece todo nosso carinho e devoção. É uma festa muito especial”, afirmou.

O Rei Carlos José da Silva disse que valeu a pena todo trabalho dedicado para realização do evento, que envolveu outros festeiros e grupos religiosos. “É resultado de muito trabalho dos 84 festeiros que trabalharam junto conosco, se dedicaram e se envolveram. Também dos 12 grupos da igreja. É isso, a união faz a força”, lembrou Carlos.

A procissão luminosa percorreu as avenidas Tenente Coronel Duarte (Prainha), XV de Novembro, até a Paróquia de São Gonçalo, no Porto. Depois pela Senador Metelo e de volta pela Prainha, até o Santuário.

Após, os fiéis aproveitaram a festa com barracas de comidas típicas, doces, bolos. Também participaram do Show de prêmios. Tudo ao som de Wander e Jhonny Violeiro, Roberto Lucialdo e Anselmo e Rafael.

O encerramento oficial será no dia 31 de maio, com missa celebrada por Dom Milton, Santos, arcebispo metropolitano de Cuiabá-MT.

Texto: Ana Sampaio
Fotos: Fagner Nascimento

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana