conecte-se conosco


Variedades

Sine abre mais de mil vagas de emprego

Publicado

em

O painel de vagas do Sistema Nacional de Emprego (Sine-MT) está com 1.201 vagas de emprego abertas nessa semana. As oportunidades estão distribuídas em 27 municípios de Mato Grosso. Os interessados devem procurar a unidade mais próxima de sua residência em Cuiabá e no interior do Estado.

Para os interessados que moram em Cuiabá são 36 vagas disponíveis. O público geral conta com 27 oportunidades de emprego nas áreas de técnicos de alimentos, técnico em segurança do trabalho, atendente de lanchonete, entre outros. Já para o público PCD, são nove oportunidades nas áreas de atendente balconista, atendente de balcão, auxiliar de limpeza e camareira de hotel.

No município de Lucas do Rio Verde, localizado ao norte do Estado, são oferecidas 194 vagas de trabalho. 50 vagas são para apanhador- na cultura, 35 são para operador de processo de produção, 17 ajudante de cozinha e as demais em diversas áreas.

Em Diamantino são 150 oportunidades ofertadas. Somente na área de auxiliar de linha de produção são 101 vagas, 32 em operador de máquinas agrícolas, oito, em oficial de serviços gerais de manutenção de edificações, operador de pá carregadeira, entre outros.

Nessa semana, no município de Sapezal as vagas  de trabalho se concentram no setor agrícola. São 62 vagas para operador de máquinas agrícola, 20 operador de máquinas fixas, em geral, 15 auxiliar de linha de produção.

Serviços

Vinculado à Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania (Setasc-MT), além do trabalho de intermediação de mão-de-obra, o Sine realiza serviços de habilitação do seguro-desemprego, emissão da carteira de trabalho e previdência social.  É preciso verificar na unidade do Sine a disponibilidade das vagas, que são diárias.

Os interessados em fazer parte do banco de dados, podem comparecer aos postos de atendimento portando documentos pessoais, carteira de trabalho, comprovante de residência, facilitando os trâmites do atendimento..

Em Cuiabá o horário de atendimento do Sine localizado no Ganha Tempo do  Ipiranga, do CPA I e do bairro Cristo Rei em Várzea Grande é das 8h às 18h de segunda a sexta-feira. Já no Ganha Tempo do Várzea Grande Shopping é das 10h às 18h.

 

Redação

Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Últimas Noticias

Aneel aprova redução nas contas de luz para duas distribuidoras

Publicado

em

 

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou hoje (20) a redução nas tarifas de energia das distribuidoras Celesc, que atua em Santa Catarina, e da Elektro Redes, que atende os estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul. Os novos valores passarão a ser cobrados a partir do dia 22 e 27 de agosto, respectivamente.

Ao revisar as tarifas da Celesc, a Aneel aplicou uma redução de 7,8% para as tarifas de energia dos consumidores atendidos pela empresa. O efeito para os consumidores residenciais será de 9,77%. Para os atendidos na baixa tensão, como agropecuária e cooperativas rurais, será de 9,16% e para os atendidos na alta tensão, como indústrias e shoppings, a redução será de 5,53%. A empresa atende 3 milhões de unidades consumidoras localizadas em 264 municípios do estado de Santa Catarina.

Ao calcular o reajuste, conforme estabelecido no contrato de concessão, a Agência considera a variação de custos associados à prestação do serviço. No caso da Celesc a Aneel informou que  o pagamento do empréstimo da Conta ACR e ajustes em rubrica da Conta de Desenvolvimento Energético (CDE) contribuíram para reduzir o reajuste em aproximadamente -6,87%. Houve ainda redução dos custos com aquisição de energia, – 0,67% no cálculo do reajuste.

Já para os consumidores atendidos pela Elektro Redes a redução médias nas tarifas de energia será de 8,32%. Para os consumidores residenciais a redução será maior, de 11,79%. Para os clientes atendidos em baixa tensão, o impacto será de menos 11,17% e para os atendidos em alta tensão, a redução será de 2,89%. A concessionária atende 2,6 milhões de unidades consumidoras, localizadas em 223 municípios do estado de São Paulo e cinco do Mato Grosso do Sul.

“Dentre os itens que mais contribuíram para a redução tarifária, observa-se a cobertura dos encargos setoriais que colaborou com o abatimento de aproximadamente 6,18%. Destaque para o pagamento do empréstimo da Conta ACR e ajustes em rubrica (retirada CDE Decreto) da Conta de Desenvolvimento Energético (CDE)”, disse a Aneel.

 

Redação

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana