conecte-se conosco


Interior

Servidores devem ressarcir erário por pagamentos indevido de horas extras

Publicado

em

Foi determinado ao atual prefeito de Nova Marilândia, Juvenal Alexandre que não autorize a realização de horas extras e pagamentos adicionais sobre as atividades extraordinárias sem a legítima justificativa formalizada para cada situação excepcional enfrentada pela Administração Municipal. A determinação é do Tribunal de Contas de Mato Grosso e apresentada pelo conselheiro interino, Luiz Henrique Lima, relator de Representação de Natureza Interna que averiguou pagamentos de de subsídios, vencimentos, vantagens pecuniárias e jetons não autorizados em lei.

A auditoria verificou o recebimento de horas extras de forma indevida para os servidores municipais: Vanessa da Silva no valor total de R$5.976,16, Cléber Lima Souto no valor total de R$28.270,85, Ana Cláudia da Silva no valor total de R$4.951,58 e José Cleiton Souto no valor total de R$3.047,08.Todos deverão ressarcir os valores aos cofres públicos municipais.

Ainda foi recomendado à atual gestão para que proceda à regulamentação do artigo 119 da Lei Complementar nº 725/2016, com a finalidade de instituir o banco de horas no Poder Executivo Municipal. O processo ( nº138622/2017) foi julgado na sessão plenária do dia 04/12.

 

Redação

Comentários Facebook

Interior

Vendaval derruba estrutura e cancela feira em Livramento

Publicado

em

A Prefeitura de Nossa Senhora do Livramento/MT, comunica o cancelamento da Feira É de Livramento marcada para acontecer hoje e amanhã (15 e 16/12), a partir das 18 horas, na Praça Portal do Pantanal, entrada da cidade de livramentense.

Um vendaval de grandes proporções mandou ao chão toda estrutura preparada para a realização do evento, como tendas e balcões, ficando apenas barras de ferro retorcidas. Até poste de iluminação pública terminou caindo. Felizmente, ninguém se feriu.

Desolado, o secretário municipal de Cultura e Turismo José Eugênio Maciel conta que, “o vendaval foi muito rápido e forte, e acabou derrubando e entortando a estrutura preparada, chegando a cair em cima de dois carros, e que a chuva também acabou molhando tudo, mas ninguém se machucou, graças a Deus”, salienta.

Eugênio conta que tudo estava na mais perfeita ordem, inclusive, como o laudo pericial do Corpo de Bombeiros aprovado. “Pela manhã o Corpo de Bombeiro esteve aqui e aprovou tudo. O céu estava limpo e com um sol de rachar até por volta das 15 horas quando aconteceu o vendaval e acabou com tudo”, acrescentou.

O prefeito da cidade Silmar de Souza esteve a pouco no local e disse lamentar pelo ocorrido, mas lembrou que por conta do fato ter ocorrido antes do inicio do evento, “certamente evitou danos maiores. Imagina como seria o pavor das pessoas se esse vendaval ocorresse durante a feira, ou mesmo durante os shows regionais que estavam marcados. Seria muito assustador, com toda certeza, e muitos poderiam sair feridos”, destacou Souza.

Fonte: Elizeu Silva-Assessoria

Comentários Facebook
Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana